NOTÍCIAS

Voltar

‘Economia solidária é saída para nossa crise estrutural’, afirma Edinho

30 de agosto de 2017


O prefeito Edinho foi palestrante na abertura do Encontro Nacional de Gestores Estaduais de Políticas Públicas de Economia Solidária, no Hotel San Raphael, em São Paulo, nesta terça-feira (29). O evento, que vai até quinta-feira (31), é promovido pela Rede de Gestores de Políticas Públicas de Economia Solidária.

Oito estados brasileiros estiveram representados na abertura do encontro. Como vice-presidente de Economia Solidária da FNP (Frente Nacional de Prefeitos), Edinho defendeu a inclusão do tema como uma iniciativa central e que deve estar interligada com todas as demais políticas públicas.

O prefeito citou o caso de Araraquara. “Realizamos a primeira Conferência Municipal de Economia Solidária e Criativa e estamos elaborando o Plano Municipal que será encaminhado para a Câmara Municipal como projeto de lei”, declarou.

Segundo Edinho, o país vive uma “crise econômica estrutural grave”. “O modelo político hegemônico no mundo no século XX ruiu. O modelo de democracia representativa que se tornou tradicional não responde mais aos anseios da sociedade civil”, opinou.

Nesse contexto, a economia solidária é uma das saídas. “Não podemos aceitar que a saída para essa crise seja pelo enfraquecimento da democracia e nem pela opressão dos trabalhadores, pela destruição da natureza na busca pelo acúmulo sem limites. Eu acredito na economia solidária como saída, como forma de construção de novos valores, de um novo modelo de geração e distribuição de riquezas”, complementou.

A outra palestrante da tarde, Ângela Schwengber, da Coordenação de Estudos e Políticas Públicas do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), afirmou que o Brasil “está perdendo a capacidade de decidir os rumos do nosso desenvolvimento”, pois está vendendo seus maiores ativos de forma barata para o capital internacional.

Ângela reforçou aos gestores a necessidade de se ter “capacidade de olhar o nosso entorno e enxergar os caminhos de saída”.

O prefeito Edinho agradeceu à Rede de Gestores, em nome de Sandra Faé e André Ferreira, pelo convite. “Sempre que for convidado e estiver dentro do meu alcance, estarei presente para debater esse tema no qual tanto acredito. Na FNP, ter recebido essa missão tem sido algo muito gratificante para mim”, disse.

A secretária do Trabalho e Emprego, Renda e Esporte do Estado da Bahia, Olívia Santana; a coordenadora técnica do projeto da Rede de Gestores, Valéria Blumer; e a representante da Superintendência Regional do Trabalho de São Paulo e do Ministério do Trabalho e Emprego, Viviane Anze, também estiveram na mesa de abertura do evento.

Voltar

Acesso Rápido

Siga-nos no Facebook

Links Úteis