NOTÍCIAS

Voltar

Edinho participa de comemorações dos dez anos da EMEF Gilda Rocha de Mello e Souza

15 de março de 2018


O prefeito Edinho participou das comemorações dos dez anos de inauguração da EMEF Gilda Rocha de Mello e Souza, no Jardim Indaiá, nesta quarta-feira (14) pela manhã.​ Recebido pelos professores, funcionários e pela diretora da unidade escolar, Araceli Venturini, Edinho conversou com os alunos sobre a história da construção da escola e sua importância para a rede municipal.

 

“A EMEF Gilda é uma escola muito especial e que muito me orgulha, pois foi escolhida por decisão da população no Orçamento Participativo. É uma escola modelo para a Educação de Araraquara”, disse Edinho, que agradeceu aos estudantes pelo carinho.

 A EMEF foi inaugurada em 14 de março de 2008, no último ano do segundo mandato de Edinho na Prefeitura. O evento teve presença do então presidente Lula e de vários ministros — entre eles, o da Educação, Fernando Haddad. Atualmente, são quase 800 alunos atendidos na EMEF do Indaiá, do 1º ao 9º ano.

 A unidade homenageia Gilda Rocha de Mello e Souza, uma das principais pesquisadoras brasileiras na área de Estética e Filosofia da Arte, que morreu em 2005. Ela era esposa do crítico literário e professor Antonio Candido, com quem teve três filhas.

 Gilda nasceu em São Paulo, em 1919, mas passou sua infância em Araraquara, na Fazenda Santa Isabel. Em 1937, ingressou na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da USP, recebendo em 1940 o grau de bacharel em filosofia. No mesmo ano, fez o curso de formação de professores e recebeu o grau de licenciada.

 Gilda Rocha de Mello e Souza é autora de obras como ​​O tupi e o alaúde: uma interpretação de Macunaíma (1979), ​​Exercícios de leitura (1980), ​​Os melhores poemas de Mário de Andrade. Seleção e apresentação (1988), ​​O espírito das roupas: a moda no século XIX (1987) e ​​A ideia e o figurado (2005).

Voltar

Acesso Rápido

Siga-nos no Facebook

Links Úteis