NOTÍCIAS

Voltar

Edinho prestigia transferência de comando do 13º BPM/I

13 de julho de 2017


O prefeito Edinho participou nesta quinta-feira (13) da solenidade de transferência de comando do 13º BPM/I (Batalhão de Polícia Militar do Interior) para o tenente-coronel Adalberto José Ferreira, que é araraquarense.

 

O novo comandante ocupava a função interinamente desde maio e substitui o tenente-coronel Ziul Martins Rodrigues, que deixou o 13º BPM/I, após quase dois anos, para comandar o 51º Batalhão da PM em Ribeirão Preto.

 

“É muito bonito ver alguém que começou a carreira como soldado e assume, na sua cidade natal, o comando da Polícia Militar. O tenente-coronel Adalberto é um exemplo para todos que buscam construir suas carreiras alicerçados no trabalho e na superação”, afirmou o prefeito.

 

Edinho ainda classificou o tenente-coronel Ziul, que deixou o comando, como “dedicado, sério e comprometido”. “São dois oficiais de altíssimo nível e que orgulham muito a Polícia Militar”, destacou.

 

O prefeito reafirmou que, em benefício da população de Araraquara, a Prefeitura continuará sendo parceria da Polícia Militar.

 

Em sua fala, o novo comandante ressaltou sua história: agradeceu à família pelo apoio e a todos os seus superiores pelo aprendizado, além de lembrar que colocou a vida em risco muitas vezes para proteger e salvar pessoas. “Por estar sob a proteção de Deus e ombro a ombro com meus companheiros de farda, tudo terminou de forma perfeita”, disse.

 

Adalberto ainda destacou que irá lutar para que o ambiente de trabalho seja o melhor possível. “Não há comandante sem sua tropa, sem efetivo. Somos todos soldados e todos indispensáveis para a Polícia Militar.”

 

Responsabilidade

 

Representando a Câmara, o vereador Tenente Santana (PMDB) disse estar feliz em participar da solenidade, já que trabalhou por 24 anos na corporação. “A Polícia Militar de Araraquara é feita de homens comprometidos e trabalhadores. Estou muito confiante de que, nesta nova gestão, tudo o que foi feito será melhorado”, opinou.

 

O comandante do CPI-3 (Comando de Policiamento do Interior 3), coronel Washington Luís Gonçalves Pestana, afirmou que confia no trabalho do tenente-coronel Adalberto. “Comandar um batalhão requer uma responsabilidade muito grande. Sei que o Adalberto vai desenvolver esse comando com muita responsabilidade”, declarou.

 

O 13º BPM/I é responsável pelo policiamento preventivo e ostensivo em 19 cidades: Araraquara, Taquaritinga, Matão, Boa Esperança do Sul, Trabiju, Gavião Peixoto, Itápolis, Fernando Prestes, Cândido Rodrigues, Santa Ernestina, Borborema, Américo Brasiliense, Santa Lúcia, Rincão, Ibitinga, Dobrada, Nova Europa, Tabatinga e Motuca.

 

Também participaram da solenidade o vice-prefeito e secretário do Trabalho e do Desenvolvimento Econômico, Damiano Neto; o secretário de Cooperação dos Assuntos de Segurança Pública, coronel João Alberto Nogueira Júnior; os vereadores Roger Mendes (PP), Juliana Damus (PP), Magal Verri (PMDB), Gerson da Farmácia (PMDB), José Carlos Porsani (PSDB), Elton Negrini (PSDB) e Lucas Grecco (PSB); além de prefeitos e vereadores da região, outras autoridades policiais e lideranças da sociedade.

 

Sobre o comandante

 

Adalberto José Ferreira nasceu em Araraquara, em 24 de maio de 1967 (tem 50 anos), e é filho de Adão José Ferreira e de Jessi Felipe Ferreira. É casado com Ana Lucia Vancetto Ferreira e pai de dois filhos, Victória e Nathan.

 

Ingressou na Polícia Militar do Estado de São Paulo por incentivo de seu pai, também integrante da instituição, em 12 de dezembro de 1986, concluindo o curso de Formação de Soldados em 1987.

 

Entre 1988 e 1992, Adalberto frequentou o curso de Formação de Oficiais pela Academia de Polícia Militar do Barro Branco, onde foi declarado aspirante a oficial. Depois, foi promovido a 2º tenente (1993), 1º tenente (1995), capitão (2006), major (2013) e tenente-coronel (2017).

Voltar

Acesso Rápido

Siga-nos no Facebook

Links Úteis