NOTÍCIAS

Voltar

Educação faz balanço de ações no município

29 de março de 2018


Em entrevista ao programa ‘Canal Direto com a Prefeitura’, nessa terça-feira (27), a secretária municipal de Educação, Clélia Mara Santos, apresentou um balanço das ações de sua Pasta neste início de 2018.

A secretária explicou porque existe uma grande demanda escolar existente na região Norte da cidade, o curso de primeiros socorros ministrado para educadores da Rede Municipal e escolas privadas de educação infantil, e o prazo final de cadastramento e recadastramento para o transporte escolar no município.

Em relação ao ensino fundamental, a secretária falou sobre o número de matrículas no município que apontam aproximadamente 99% dos alunos matriculados. “Mas isso não significa dizer que não existam alunos de 6 a 14 anos fora da escola em Araraquara, já que este é um problema geral do Brasil”.

Clélia Santos lembrou que quando for detectado algum caso de criança fora da escola, é necessário que a população procure pela Secretaria Municipal de Educação para reverter a situação.

“A educação é extremamente necessária para que o País dê um salto social e, por isso, a responsabilidade pela educação escolar é de toda a sociedade”, ressaltou.

Alta demanda

Segundo Clélia, na região Norte de Araraquara, ou região do Selmi Dei, há alguns anos existe uma grave demanda por equipamentos sociais, inclusive de Educação. Isso porque esta região recebeu 20 mil novos moradores (por conta de novos núcleos habitacionais), sem os equipamentos públicos para o atendimento da população, inclusive de educação infantil e ensino fundamental.

Com isso, apenas duas unidades atendem quase integralmente a demanda dos novos núcleos na região, a EMEF do CAIC Rubens Cruz e a EMEF Altamira Amorim Mantese, o que provoca uma lista de excedentes de alunos nessas duas unidades.

“Isso não quer dizer que a criança não está na escola, mas sim que sua matrícula foi efetivada noutra unidade escolar e na primeira oportunidade que surgir o aluno será transferido para uma unidade mais próxima de sua casa”, explicou.

Somente na EMEF Altamira Mantese existem cerca de 70 crianças na lista de excedentes, porém, estudando em outras escolas na própria região e/ou em outros bairros.

“É bom lembrar que para todas essas crianças, que estudam fora do bairro e distante da escola, a Prefeitura oferece, por meio da Secretaria de Educação, o transporte escolar fretado ou o passe escolar”.

Primeiros socorros

Desde 15 de março, teve início em Araraquara o curso de primeiros socorros, ministrados pela Secretaria Municipal de Educação, por meio do Centro de Desenvolvimento Profissional dos Educadores Prof. Paulo Freire – CEDEPE, para professores e educadores da Rede Municipal e escolas privadas de educação infantil.  Na abertura do curso, o Prefeito Edinho Silva sancionou lei municipal que estabelece a obrigatoriedade dos cursos de primeiros socorros. A lei é fruto de uma indicação do vereador Edson Hel.

“Este curso, de grande importância, vai até 22 de junho em uma mobilização que envolve cerca de 1,6 mil educadores das duas redes (municipal e privada), com a colaboração ímpar do Corpo de Bombeiros, a quem agradecemos muito, em nome do comandante Cleber”, afirmou Clélia.

A secretária explicou que o curso não pretende substituir outro profissional ou dar uma tarefa a mais para educadores. “Visa oferecer uma competência que pode fazer grande diferença na hora de salvar uma vida, cuidar de uma criança numa situação de queda ou engasgo”, exemplificou.

Cadastramento

Está é a última semana para o processo de cadastramento e recadastramento dos alunos da rede pública de ensino para o transporte escolar em Araraquara.

O recadastramento teve início em 16 de janeiro e o processo já atingiu quase 10,7 mil alunos. E os que ainda não passaram pelo processo devem procurar o posto de atendimento do Programa Municipal de Transporte Escolar da Secretaria da Educação, munidos dos documentos necessários, cuja relação está no site da Prefeitura. O cadastramento e recadastramento é feito na Avenida Espanha, 536, no Centro da cidade.

Vale destacar, segundo Clélia Mara Santos, que a partir do primeiro dia útil de abril nenhum estudante da rede pública de ensino poderá utilizar os veículos do transporte escolar fretado sem a carteirinha do ano letivo de 2018.

É importante ainda dizer que a partir de abril, só será efetuado cadastro novo nos casos de mudança de bairro e ou de escola, devidamente comprovado, e que estiverem em processo de transferência de outro município/estado.

“Se fizerem jus ao transporte escolar, seja fretado ou através do passe escolar, serão atendidos”, garantiu Clélia.

No site da prefeitura (araraquara.sp.gov.br) o interessado pode fazer o pré-agendamento para agilizar o serviço.

Canal aberto

 O programa ‘Canal Direto com a Prefeitura’ vai ar de segunda a sexta-feira, ao vivo, às 18h30, pela TV Web Participativa, na página oficial do Facebook da Prefeitura de Araraquara, sempre com um convidado especial do governo.

 Também é retransmitido diariamente, ao meio-dia, pela Rádio Web Participativa, que pode ser sintonizada através do site da Prefeitura (www.araraquara.sp.gov.br/radioparticipativa), ou pelo player disponibilizado na capa do site.

Voltar

Acesso Rápido

Siga-nos no Facebook

Links Úteis