NOTÍCIAS

Voltar

Em Araraquara, grupo de trabalho debate ações contra Febre Amarela

21 de janeiro de 2017


Estratégias para ações preventivas contra a transmissão da Febre Amarela estiveram na pauta da reunião realizada na tarde desta sexta-feira, dia 20, no Paço Municipal, por um Grupo de Trabalho formado por membros da Prefeitura, SESA (Serviço Especial de Saúde) e DAAE (Departamento Autônomo de Água e Esgoto).

De acordo com a secretária Municipal de Saúde, Eliana Honain, as ações preventivas e a vigilância devem ser permanentes. “É fundamental que cada órgão esteja organizado e ciente do seu papel”, afirma. No início do ano, houve a confirmação de um óbito pela doença na cidade de Ribeirão Preto. “A circulação do vírus na região, obviamente, nos alerta para algumas ações específicas, mas não nos coloca em situação de pânico”, completou a titular da Pasta.

A febre amarela é uma doença infecciosa febril aguda. De acordo com o Ministério da Saúde, a doença transmitida por mosquitos e comum em macacos que são os principais hospedeiros do vírus. Os sintomas são febre, dor de cabeça, calafrios, náuseas, vômito, dores no corpo, icterícia (a pele e os olhos ficam amarelos) e hemorragias (de gengivas, nariz, estômago, intestino e urina).

Dentre as ações debatidas pelo Grupo de Trabalho está a intensificação da vacinação na zona rural e periurbanas de Araraquara por serem consideradas áreas de risco de transmissão do vírus da febre amarela silvestre. No próximo sábado, dia 28, agentes de saúde percorrerão essas áreas para aplicação gratuita na população. Eliana explica que quem já tomou duas doses da vacina está imune à doença.

Outra frente de prevenção pautada pelo grupo de trabalho será o monitoramento de macacos por parte do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) de Araraquara. “Vamos fazer a chamada vigilância de epizootia, que nada mais é que verificar a existência de macacos contaminados pelo vírus da febre amarela”.

Já a Sucen (Superintendência de Controle de Endemias) ficará responsável pela vigilância entomológica que verificará a existência do inseto transmissor da doença na região e, em caso positivo, se estão contaminados ou não pelo vírus. “Temos uma equipe bastante coesa para atuar nessas estratégias de prevenção ao vírus. Possivelmente contaremos ainda com o apoio da Polícia Ambiental e também do Corpo de Bombeiros nessa empreitada”, explicou.

 

Vacinação segue nos postos de saúde

A vacina da Febre Amarela está disponível na rede de saúde e o indivíduo é considerado imune com apenas duas doses. “A recomendação da Coordenadoria de Vigilância em Saúde do município é que os moradores observem a carteira de vacinação e procurem a unidade de saúde mais próxima no seu bairro para obter informação sobre datas e horários de aplicação da vacina”, explica Fabiana do Carmo Araújo, da Gerência de Vigilância Epidemiológica.

A vacina é contraindicada para crianças com menos de nove meses de idade, gestantes, pacientes imunodeprimidos (pessoas com o sistema imunológico debilitado) e pessoas alérgicas a ovo de galinha e seus derivados, gelatina e outros produtos que contém proteína animal bovina.

Segundo Fabiana, com exceção da área rural onde haverá a intensificação da imunização, a rede continua aplicando normalmente a vacina. No SESA, a aplicação ocorre de segunda a sexta-feira, das 07h30 às 15h30.

 

Como a população pode ajudar?

De acordo com Lúcia Ortiz, da Secretaria Municipal, a população pode contribuir com as ações de prevenção previstas pelo Grupo de Trabalho. A principal delas é a própria imunização, especialmente aquelas pessoas que moram ou transitam em áreas consideradas de risco (matas, cerrados, rurais).

Outra forma de ajudar é avisar a Prefeitura ou órgãos como Polícia Ambiental sobre a existência desses animais mortos ou aparentemente doentes. “Mas, nós fazemos um apelo para que não brinque com os macacos, tampouco os machuquem. Em muitos locais do país, estão matando macacos com a intenção de eliminar a doença. Isso é uma incoerência já que são exatamente eles que norteiam toda a ação da Vigilância”, explica. A população pode ligar no 193 (Bombeiros) ou no 0800 7701595 (Diretoria de Meio Ambiente do Daae).

Considerando que a Febre Amarela Urbana e outras doenças como dengue, zika e chikungunya são transmitidas pelo Aedes aegypti, a Vigilância em Saúde continua solicitando o apoio de todos os moradores para os cuidados diários nos imóveis a fim de evitar a proliferação do vetor.

CONFIRA AS DATAS DE APLICAÇÃO DA VACINA CONTRA A FEBRE AMARELA NO POSTO MAIS PERTO DA SUA CASA

 

Unidade do Jardim Ieda: terças e quintas

Unidade do Jardim Iguatemi: terças e quintas

Unidade do Jardim Cecap: quartas e sextas

Unidade do Jardim Cruzeiro: terças e quintas

Unidade do Jardim Hortênsias: segundas e quintas

Unidade do Yolanda Ópice: terças e sextas

Unidade do Santa Lúcia I: sextas

Unidade do Santa Lúcia II: segundas e sextas

Unidade do Santa Lúcia III: quartas e quintas

Unidade do Bela Vista: sextas

Unidade do Melhado: segundas e quartas

Unidade do Laranjeiras I: quartas e sextas

Unidade do Laranjeiras II: segundas e quintas

Unidade do Vale do Sol: quartas e sextas

Unidade do Santa Angelina: segundas e sextas

Unidade do Maria Luiza: terças e sextas

Unidade de Bueno de Andrade: quartas

Unidade do Selmi Dei I: segundas e quartas

Unidade do Jardim Indaiá: terças e sextas

Unidade do Selmi Dei IV: segundas e sextas

Unidade do Adalberto Roxo: quartas e sextas

Unidade do Jardim Marivan: quartas e sextas

Unidade do Jardim Paulistano: terças, quintas e sextas

Unidade do Jardim Brasília: terças e sextas

Unidade da Vila Xavier: quartas e sextas

Unidade do Jardim Brasil: segundas e quartas

Unidade do Jardim Biagione: quartas e sextas

Unidade do Jardim Pinheiros: segundas e quintas

Unidade do Jardim América: terças e quintas

Unidade do Jardim Alto de Pinheiros: terças e quintas

Unidade do Parque Residencial São Paulo: terças e quintas

**** As unidades ficam abertas das 07h00 às 16h00

**** No Sesa, a aplicação da vacina ocorre de segunda à sexta, das 07h30 às 15h30

Voltar

Acesso Rápido

Siga-nos no Facebook

Links Úteis