NOTÍCIAS

Voltar

Em assembleia, moradores do Residencial dos Oitis autorizam serviços da Prefeitura

30 de janeiro de 2017


Os moradores do Residencial dos Oitis, no Jardim Iguatemi (região do Cecap), permitiram a entrada dos serviços da Prefeitura no local, em assembleia realizada na manhã do último domingo (29). Segundo o coordenador de Participação Popular, Alcindo Sabino, o Executivo está autorizado a transformar uma área externa em área pública, retirar o alambrado e abrir uma rua na lateral dos blocos de apartamentos.

A realização da assembleia foi um encaminhamento tirado durante reunião do prefeito Edinho com moradores no local, no primeiro sábado de seu governo. Como se trata de um condomínio “fechado”, para que a Prefeitura possa atuar, é preciso autorização dos moradores. “Temos que resgatar a dignidade das famílias. Queremos que vocês tenham orgulho de morar aqui”, disse o prefeito na oportunidade. O conjunto habitacional, entregue em 2011 com cerca de 250 famílias, fica na região do Cecap e encontra-se em situação de abandono com ausência de infraestrutura e políticas sociais.

O plano é que as obras comecem já em fevereiro. Com a abertura da rua, serviços como a coleta de lixo e a entrega de correspondências terão acesso direto aos blocos. A Prefeitura ainda poderá investir na melhoria da iluminação do espaço. Dos 256 apartamentos, 193 deles (o que equivale a 75% do total) estavam representados na assembleia. Uma comissão com 16 moradores, um de cada bloco, também foi formada. “Nós ajudamos eles a se organizarem enquanto assembleia. Pudemos ver o brilho nos olhos da esperança de que, agora, alguém vai olhar por eles”, diz Sabino.

Nesta semana, a Secretaria de Planejamento e Participação Popular irá se reunir com a Superintendência de Ribeirão Preto da Caixa Econômica Federal, responsável pela construção do condomínio, para buscar apoio em projetos sociais.

 

Revitalização

O trabalho da Prefeitura no Residencial dos Oitis começou logo nos primeiros dias de governo, com o Daae (Departamento Autônomo de Água e Esgotos) fazendo manutenção na rede de esgoto e acabando com os vazamentos.

Além disso, as secretarias de Cultura e de Esportes e Lazer se reuniram com a diretoria da ADPM (Associação Desportiva da Polícia Militar), que fica ao lado do residencial, para conseguir uma parceria no desenvolvimento de projetos para crianças até 12 anos.

Pela Cultura, a proposta é oferecer dança, hip-hop e capoeira. Já a pasta de Esportes quer levar atividades de vôlei e futsal, além de potenciar o basquete e o judô já praticados na ADPM. As secretarias estão terminando de formalizar o projeto.

Todo o trabalho junto aos moradores do Oitis também tem o apoio da Coordenadoria de Habitação, vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Urbano, e do Cras (Centro de Referência da Assistência Social) do Cecap.

Voltar

Acesso Rápido

Siga-nos no Facebook

Links Úteis