NOTÍCIAS

Voltar

Empresa de alimentos incubada cresceu 13% em um mês

14 de agosto de 2017


A empresa Marcia Gibran, do ramo alimentício, instalada na Incubadora de Empresas de Araraquara, apontou um crescimento de 13%, entre junho e julho deste ano, segundo dados do administrador Elias Gibran. A meta para janeiro de 2018 é dobrar a produção, investir em novos equipamentos, contratar mais funcionários e conquistar o mercado regional, projeta a proprietária Márcia Gibran.

Incubada há um ano, a nova empresa se destaca pela qualidade dos produtos 100% árabes. As receitas das esfihas, quibes e doces é preservada há três gerações. “Minha mãe Sued Georges e minha avó Sadika Georges vieram da Síria, em 1950, com as receitas na mala. Nossa família já teve os extintos restaurantes Tartous e Kadicha. Eu e meu irmão Elias estamos mantendo a tradição dos ótimos alimentos árabes”, relata Márcia Gibran.

Com baixo investimento, mas muito talento, a empresária iniciou a produção com apenas dois produtos e atualmente oferece quatro produtos embalados e outros para encomendas de aniversários e confraternizações. Outro foco da empreendedora são as cantinas universitárias.

Motivada, Márcia menciona a ampliação cartela de clientes onde já constam CaSuco, Supermercados 14, Minas Massas, Quitanda Passarinho entre outros.

“Estivemos recentemente na Feira Internacional de Produtos Alimentícios (Fispal) em missão empresarial promovida pela Incubadora. Tivemos oportunidades de observar novos equipamentos e conhecer novos fornecedores e isso tudo é fundamental para a empresária Márcia Gibran e outros empresários abrigados em nosso guarda-chuva”, relata o gerente da Incubadora, Lucas Campanha.

O apoio da Incubadora é o fator preponderante para o sucesso da empresa, avalia Elias Gibran. “Desde a gestão, controle da produção, prospecção de mercado, precificação e o contato com outros empresários do ramo. Tudo isso nós temos na Incubadora”, ressalta o administrador.

Segundo o coordenador Executivo da Indústria e Tecnologia, Heber Pereira, da Secretaria Municipal do Trabalho e Desenvolvimento Econômico, a incubadora está à disposição dos interessados em abrir ou expandir seu próprio negócio. “No momento a incubadora está totalmente ocupada, mas acompanhamos as empresas associadas que se graduaram e também orientamos os novos empreendedores”, afirma.

Voltar

Acesso Rápido

Siga-nos no Facebook

Links Úteis