NOTÍCIAS

Voltar

Festival de Dança terá curadoria de Gilsamara Moura

2 de agosto de 2017


A organização da 17ª edição do Festival de Dança de Araraquara terá a bailarina Profª Drª Gilsamara Moura como curadora do evento. O festival será realizado, em princípio, entre os dias 09 e 17 de setembro, em diversos espaços da cidade.

Gilsamara Moura, que foi presidente da Fundart e idealizadora do festival nas suas primeiras oito edições, chega afiada e cheia de ideias para potencializar as ações do evento. Professora do mestrado em Dança e doutorado em Artes Cênicas da Universidade Federal da Bahia, a bailarina já tem desenhado todo o formato do festival, a fim de retomar a notoriedade do evento.

Para tanto, em alguns dias em Araraquara, contatou diretores, professores, alunos e amigos a fim de garantir um grande retorno ao Festival, já que nas últimas edições passou por uma visível redução de público. Não ficaram de fora os alunos da Escola Municipal de Dança Iracema Nogueira, das Oficinas Culturais, além dos parceiros Sesc Araraquara e SESI Araraquara.

Gilsamara espera ativar e retomar o envolvimento dos profissionais com o festival, promovendo o interesse do público da cidade nas atividades programadas. A ideia é também valorizar as pessoas da cidade.

A curadora propõe uma programação que conte com um eixo de formação em artes para docentes das academias, das Oficinas Culturais, EMD – entre outros interessados em geral. “Proponho uma semana com todas as manhãs de formação e confraternização entre os profissionais. Serão 40 horas de curso, com certificação pela Universidade Federal da Bahia”, aponta.

Com a temática “Cultura Afro Indígena”, a curadora espera enfatizar a Cultura Popular e a Contemporânea na formação. “Contaremos com dois mestres que nortearão essa formação”, diz referindo-se aos professores da UFBA que foram convidados para o evento. “Eles farão o eixo do trabalho com a temática da Arte, e não especificamente da Dança. Assim, a proposta atende mais pessoas: queremos unir a agregar educadores e interessados das variadas linguagens artísticas”, justifica.

Além da formação no período da manhã, o plano contará com oficinas de dança no período da tarde e apresentações artísticas à noite. A programação vem sendo elaborada e já há alguns nomes e idéias propostos, que devem ser divulgados em breve. Sabe-se que um cortejo, com tambores e cordas, deverá ser produzido, com a participação popular, para a abertura do festival (caberá a participação espontânea dos artistas da cidade, integrando bailarinos, músicos, atores e artistas visuais). Mostra das academias, de vídeo dança, assim como uma noite com apresentações de artistas e grupos independentes e uma festa comemorativa também devem integrar o programa.

Com realização da Prefeitura de Araraquara, por meio da Secretaria Municipal da Cultura e Fundart, o Festival contará com o apoio dos parceiros Sesc Araraquara e SESI Araraquara e terá todas as atividades gratuitas.

Voltar

Acesso Rápido

Siga-nos no Facebook

Links Úteis