NOTÍCIAS

Voltar

Fórum de Infraestrutura traça ações para o desenvolvimento urbano

2 de fevereiro de 2017


Uma série de ações para o desenvolvimento urbano de Araraquara foi discutida na primeira reunião do Fórum de Infraestrutura, com presença de diversos secretários, nesta quinta-feira (2).

Para facilitar o trabalho, as medidas foram divididas em curto, médio e longo prazo. Como ações mais emergenciais, estão a recuperação do Residencial dos Oitis, a limpeza dos bairros e a regularização do abastecimento de água na região do Selmi Dei.

Nesta sexta-feira (3), às 12h, uma força-tarefa de várias Secretarias irá até o Residencial dos Oitis para vistoriar os serviços necessários no local e elaborar um cronograma detalhado das ações.

Em assembleia nesta semana, os moradores autorizaram que a Prefeitura integre o condomínio às áreas publicas, retirando o alambrado. Estuda-se a abertura de uma via lateral aos blocos de apartamentos. O objetivo é providenciar a manutenção imediata do local, facilitar o acesso da coleta de lixo e da entrega de correspondências e levar projetos culturais e esportivos para os moradores.

Sobre a limpeza, ficou definido que o Executivo, em parceria com o Daae (Departamento Autônomo de Água e Esgotos), irá elaborar uma agenda para retirar o mato alto nas calçadas, praças e nos terrenos da Prefeitura nos bairros, além de cuidar do asfalto e da sinalização.

A perfuração de um poço artesiano na região do Selmi Dei também foi classificada como ação emergencial. O desabastecimento na região norte será amenizado com a obra do poço no Jardim Universal, que deve ser concluída nas próximas semanas, mas o poço do Selmi Dei é a solução definitiva para o problema.

 

Planejamento

Outras demandas mais complexas, que necessitam de planejamento e maior quantidade de recursos, ficaram para médio e longo prazo.

Uma delas é a resolução para o problema dos alagamentos em dias de fortes chuvas, principalmente na Avenida Maria Antônia Camargo de Oliveira, a Via Expressa, e na região do Terminal Rodoviário, próximo ao Córrego do Ouro. Um plano de drenagem da água no solo e de construção de ‘piscinões’ começou a ser discutido.

Os outros projetos são um plano de arborização, o melhor uso do espaço da orla ferroviária, a implantação de mais ciclovias e a atualização do Plano Diretor.

Segundo a secretária anunciada de Desenvolvimento Urbano, Luciana Gonçalves, a ideia do Fórum é se reunir, integrar as áreas de atuação das Secretarias em ações e no planejamento estratégico de projetos a fim de dar condições para o prefeito Edinho executar as demandas. Os encontros serão semanais.

“A gente busca reunir todos os secretários que lidam com a questão do espaço urbanizado. Vamos cuidar do que é público e das práticas do território. Foi uma reunião produtiva e criamos uma agenda de pautas”, explica.

Além de Luciana, que comandou o encontro, participaram o vice-prefeito e secretário do Trabalho e do Desenvolvimento Econômico, Damiano Neto; a secretária anunciada de Planejamento e Participação Popular, Juliana Agatte; o secretário de Gestão e Finanças, Donizete Simioni; o secretário de Obras e Serviços Públicos, João Bernal; o diretor anunciado para a Controladoria do Transporte de Araraquara, Nilson Carneiro; o coordenador de Mobilidade Urbana, Milton Domingues Júnior; o chefe de gabinete, Alan Silva; o superintendente do Daae, Wellington Cyro de Almeida Leite; e o diretor técnico e operacional do Daae, José Braz Scognamiglio.

Voltar

Acesso Rápido

Siga-nos no Facebook

Links Úteis