NOTÍCIAS

Voltar

Imposto de Renda pode ser destinado ao Fundo dos Direitos da Criança e do Adolescente

15 de março de 2017


A população de Araraquara pode destinar parte do Imposto de Renda (IR) ao Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (FMDCA) até o dia 28 de abril deste ano. A destinação dos recursos é feita diretamente na Declaração de Ajuste Anual do IR 2017.

 

Pessoas físicas que entregam a declaração pelo Modelo Completo podem deduzir 3% do Imposto de Renda devido, desde que efetivem o pagamento do Documento de Arrecadação de Receitas Federais (Darf) até o último dia do prazo para entrega da declaração de ajuste.

 

Jorge Lorenzetti, do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Araraquara (Comcriar) – entidade responsável pela gestão dos recursos do FMDCA, órgão encarregado de repassar os recursos às entidades que cuidam de crianças e adolescentes – explica que o processo é seguro, por ser feito diretamente à Receita Federal, que posteriormente direciona os recursos ao Fundo Municipal.

 

Lorenzetti ressalta a importância da destinação do IR para a continuidade de projetos sociais voltados à criança e ao adolescente em Araraquara. “O Comcriar tem hoje 21 instituições sociais aptas a serem beneficiadas pelas destinações. Muitas dessas entidades dependem quase que exclusivamente dessas destinações para manterem seus projetos, por isso essa é a grande oportunidade para a população se engajar nessa corrente de solidariedade para ajudar a melhorar a qualidade de vida de nossas crianças e nossos adolescentes”, diz.

 

Se o contribuinte apura saldo a pagar, o valor destinado será abatido desse saldo. Caso o contribuinte tenha imposto a restituir, o valor destinado será somado ao valor da restituição e será corrigido pela taxa Selic até o momento da devolução nos lotes periódicos da Receita Federal. “Como a base para o cálculo do valor da destinação possível é o imposto devido e não o imposto a pagar, mesmo quem tem direito à restituição do IR pode realizar a destinação e receber o recurso de volta corrigido pela Selic, cuja variação é superior ao rendimento da Poupança”, conta Lorenzetti.

 

Como fazer a declaração

 

Para fazer a destinação do IR, ao preencher o Modelo Completo, bastar ir até a coluna “Menu”, à esquerda, clicar em “Resumo da Declaração”, ir até “Doações Diretamente na Declaração – ECA” e no campo “Tipo de Fundo” selecionar “Municipal”. Em seguida, no campo “UF” é preciso selecionar “SP – São Paulo” e no campo “Município” basta escolher “Araraquara”.

 

O sistema se encarrega de calcular o valor disponível para doação, que vai aparecer no canto inferior direito da tela. Basta copiar esse valor e colar no campo próprio. Após o preenchimento, é só voltar na Declaração, clicar em “Imprimir” e pagar o Darf até o último dia de expediente bancário do mês de abril.

Voltar

Acesso Rápido

Siga-nos no Facebook

Links Úteis