NOTÍCIAS

Voltar

Nas redes sociais, Edinho apresenta balancete da Prefeitura

15 de março de 2017


No início da noite desta terça-feira (14), o prefeito Edinho fez um balanço da situação financeira da Prefeitura Municipal, no mês de fevereiro, por meio de suas redes sociais. Essa tem sido uma ação constante na administração de Edinho, que também prestou conta dos meses anteriores. O prefeito afirmou que manterá esse balanço nos próximos meses, garantindo mais transparência nas contas públicas.

 

A Prefeitura Municipal arrecadou, no mês de fevereiro, R$ 48 milhões de reais. Descontado o valor destinado à Educação (FUNDEB), a arrecadação da Prefeitura ficou em R$ 44 milhões, valor, segundo o prefeito, abaixo da média que o município costuma arrecadar, por volta de R$ 62 milhões. De acordo com Edinho, isso se deve a queda de arrecadação do ICMS, por conta da situação econômica não só no Brasil, mas também no Estado.

 

Nos meses anteriores, a arrecadação foi um pouco mais alta. Em setembro de 2016, por exemplo, a Prefeitura arrecadou R$ 59 milhões, descontado a verba do FUNDEB, o valor ficou em R$ 55 milhões. Já em dezembro, por conta da repatriação, foram R$ 89,2 milhões, bem acima da média mensal. Em janeiro, quando Edinho assumiu a Prefeitura, o valor arrecadado foi cerca de R$ 94 milhões, devido ao recebimento de IPVA, e também parcela única do IPTU, descontando a verba destinada a Educação, o valor ficou em R$ 86,3 milhões. A dívida ativa, aposta de Edinho para contribuir com os problemas financeiros que a Prefeitura enfrenta, arrecadou somente R$ 800 mil no mês de fevereiro.

 

Já os gastos com folha de pagamento reduziram em relação aos meses anteriores. Em fevereiro, a Prefeitura gastou por volta de R$ 22,6 milhões com a folha, somando os impostos. O valor líquido, que foi direto ao servidor soma R$ 14,8 milhões. Em comparação aos meses foram reduzidos R$ 5 milhões com folha de pagamento. Nos meses de setembro, outubro e novembro, os valores ficaram por volta de R$ 19,9 milhões.

 

“É um esforço que a Prefeitura está fazendo, cortamos o número de cargos comissionados e diminuímos o número das secretarias”, disse, acrescentando ainda que o número de servidores em setembro era 5.882 e agora em fevereiro são 5.794 servidores.

 

Dívidas

O prefeito apresentou também um balancete das dívidas do município em relação ao mês de dezembro. O valor de restos a pagar, que representam às dívidas deixadas para sua administração, em dezembro de 2016 era de R$ 87.584.545,11. Até o dia 13 de março, a Prefeitura efetuou o pagamento de parte dessa dívida, o que representa R$ 37.546.691,00. Portanto, faltam ainda para pagamento R$ 50.037.573,49, não contando a dívida de INSS e também as dívidas da extinta CTA (Companhia Tróleibus Araraquara).

 

Além disso, foram parcelados R$ 20 milhões de reais, e no parcelamento, o município conseguiu negociar 10% de desconto nas parcelas, ajudando a gerar economia para a cidade.

 

Prestação de Serviço

A Prefeitura, desde o início de janeiro, já recuperou 44 veículos da frota municipal, importante para a recuperação da capacidade de prestação de serviço. Com isso, já foram tapados 8 mil buracos.

 

Entre outras ações, a Prefeitura limpou 76 praças públicas, 37 áreas de lazer, 57 dispositivos viários, 49 próprios da Saúde e da Assistência Social e 29 próprios do Daae.

 

Na área da Saúde, praticamente todos os medicamentos foram repostos nas unidades da rede básica. Foram gastos cerca de R$ 1,3 milhão na reposição dos medicamentos.

 

O prefeito Edinho finalizou ainda ressaltando a importância dessa prestação de contas mensal para a população. “Essas são informações são importantes para que vocês possam acompanhar o que estamos fazendo isso vou fazer todos os meses, vou prestar contas daquilo que a Prefeitura arrecada e o gasta, torando as ações da prefeitura o mais transparente possível”.

Voltar

Acesso Rápido

Siga-nos no Facebook

Links Úteis