NOTÍCIAS

Voltar

Nota de repúdio

1 de dezembro de 2017


A Prefeitura de Araraquara vem a público manifestar completo repúdio e indignação com a postagem realizada pela página Direita São Paulo Araraquara, nesta sexta-feira, dia 01º, na rede social Facebook, com manifestação mentirosa e de cunho absolutamente racista, preconceituoso e, de acordo com lei 7.716/1989, criminoso.

 Na postagem, o autor afirma que um infrator criminal, procurado pela polícia, é protegido pelo governo do prefeito Edinho (PT) por ser negro. É absolutamente lamentável tal postura de utilizar um fato grave ocorrido no nosso município, em que um jovem sofreu uma tentativa de homicídio, para fazer ataques claramente políticos, no mais baixo nível de debate.

 Lamentável que tal postagem tenha teor racista. O autor da tentativa de homicídio é um criminoso e deve pagar pelo seu crime. No entanto, este homem deve ser julgado pelo crime cometido e não pela cor de sua pele. O racismo está presente na sociedade e não podemos nos silenciar. Ele precisa ser enfrentado.

 A Prefeitura lamenta ainda a utilização das redes sociais para a propagação do ódio e da intolerância. Na nossa avaliação, é absolutamente possível debater posições divergentes sem propagar injúrias, calúnias e sem incentivar a violência.

Vale ressaltar que a administração vai entrar com representação no Ministério Público, denunciando tal postagem que infringe leis e a Constituição Federal Brasileira em seu Art. 5º: “Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes: XLII – a prática do racismo constitui crime inafiançável e imprescritível, sujeito à pena de reclusão, nos termos da lei;”.

 Por fim, a Prefeitura não concorda, não compactua e repudia de todas as formas esse tipo de atitude de setores que se dispõem a fazer oposição política gratuita, e se compromete a continuar trabalhando pela construção de uma sociedade que não conviva com nenhuma forma de preconceito e violência, seja ela qual for.

Aproveitamos para ratificar nossa solidariedade ao jovem vítima de tentativa de homicídio, bem como a todos os seus familiares. Esperamos que se restabeleça o mais rápido possível.

Voltar

Acesso Rápido

Siga-nos no Facebook

Links Úteis