NOTÍCIAS

Voltar

Novo poço e reservatório no Jardim Universal entram em operação

27 de outubro de 2017


O prefeito Edinho e o Daae (Departamento Autônomo de Água e Esgotos) inauguraram nesta sexta-feira (27) o Poço Universal e o Reservatório Universal, que são responsáveis pelo atendimento ao Jardim Universal e aos bairros vizinhos. O valor total do investimento é de R$ 2,8 milhões.

Com a inauguração, a região do Jardim Universal deixa de demandar água do Poço Paiol, que fica no Vale do Sol. Assim, as águas do Paiol poderão ser redirecionadas para a região norte, que abriga vários conjuntos habitacionais.

“O Poço Paiol vai jogar água para o Selmi Dei. Esse poço vai amenizar muito a situação naqueles bairros, onde 22 mil pessoas foram levadas sem infraestrutura adequada”, disse o prefeito Edinho. A resolução definitiva do problema também está sendo desenvolvida: um poço e um reservatório na região do Selmi Dei, em financiamento com o Governo Federal.

Edinho reforçou que tem objetivo de fortalecer o Daae. “O Daae é um patrimônio de Araraquara. Vamos trabalhar para que ele volte a ser o que sempre foi: uma autarquia pública eficiente e que preste serviço de qualidade à população”, destacou.

“Vamos regularizar o abastecimento aqui na região sem depender do Poço Paiol. Essa é uma das obras que o Daae pretendia inaugurar para suprir a demanda por água no município”, afirmou o superintendente da autarquia, Marcos Isidoro.

Estiveram presentes na inauguração o diretor técnico e operacional do Daae, José Braz Scognamiglio, o diretor de Gestão Ambiental, Helton Galvão, além de funcionários do Daae e secretários e coordenadores municipais.

 

​​As obras

O novo poço e o novo reservatório vão atender uma população de 9,8 mil pessoas nos bairros Jardim Universal, Jardim Ravena, Jardim Helena, Parque Laranjeiras, Jardim das Flores, entre outros.

O poço tem profundidade de 392 metros (160 metros de basalto e 270 metros de arenito), com vazão total estimada de 250m³ por hora. Trabalharam na obra as empresas Acqua Tecnologia de Água e Construara. Cerca de 60 funcionários estiveram direta ou indiretamente envolvidos.

Já o reservatório foi construído com contrapartidas da MRV e do Loteamento Ravena. A capacidade de reservação é de 1 milhão de litros. Trabalharam na obra as empresas Verona, Vector e Pesato Engenharia.

Voltar

Acesso Rápido

Siga-nos no Facebook

Links Úteis