NOTÍCIAS

Voltar

‘O filho do trabalhador tem direito de sonhar com o futuro’, diz Edinho no lançamento do Jovem Cidadão

1 de setembro de 2017


Dar oportunidade a quem mais precisa. Dessa forma, o prefeito Edinho classifica o “Jovem Cidadão”, programa que fez sucesso em sua primeira passagem pela Prefeitura (2001-2008) e foi relançado na noite de quinta-feira (31), no lotado auditório da Biblioteca Municipal “Mário de Andrade”.

“É um programa que gera oportunidades e pode mudar a vida das pessoas. Não é emprego, é oportunidade na vida dos jovens que mais precisam. Nós queremos dar oportunidade para o jovem que, muitas vezes, abandona o ensino”, destacou. “O principal critério de seleção é social. Queremos socorrer, primeiro, os jovens que mais precisam. Afinal, R$ 600 [um dos valores das bolsas de estágio] nas mãos de um jovem significa ficar ou não na escola.”

“A cidade que quero construir é aquela em que as pessoas tenham oportunidades independentemente do bairro em que moram. Todo mundo tem direito de sonhar com o futuro. Nunca permitam que alguém diga que vocês não têm direito de sonhar”, reforçou. “O filho do servente de pedreiro tem direito de sonhar em ser doutor”, exemplificou Edinho.

O assessor de Políticas para a Juventude, Guilherme Floriano, disse que “o programa já ajudou e vai ajudar muita gente”. Ele lembrou que o processo seletivo irá destinar 10% das vagas para pessoas com deficiência e 20% para negros.

Eloísa Mortatti, secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, reforçou que o programa dará oportunidade aos jovens de baixa renda para que continuem seus estudos. “Não precisa sair da escola para trabalhar e ajudar no sustento da casa. Obrigado a todos por acreditarem neste programa.”

A vereadora Thainara Faria (PT), representando a Câmara, revelou estar feliz “em ver esse plenário cheio de jovens lutando por um mundo melhor”. “A única coisa que separa o jovem do mercado de trabalho é a oportunidade”, disse.

O subprocurador geral Fiscal e Tributário do Município, Vinícius Manaia Nunes, que participou do “Jovem Cidadão” em 2004, deu um depoimento emocionado à plateia, lembrando momentos de dificuldade familiar e de superação dos problemas.

Após participar do projeto, Vinicius se formou em Direito e passou no concurso público para se tornar procurador do Município. “Foi minha primeira oportunidade de emprego na área jurídica e de suma importância para mim em termos profissionais e pessoais”, relatou.

O vereador Paulo Landim (PT) e diversos secretários municipais também participaram da solenidade de lançamento do programa.

 

Inscrições

O objetivo do “Jovem Cidadão” é oferecer a primeira oportunidade de experiência profissional e ajudar as pessoas que mais precisam, já que, em muitos casos, jovens deixam de estudar para poderem trabalhar e ajudar no sustento da casa — com o recebimento da bolsa pelo estágio, não será necessário deixar a escola.

O edital para o processo seletivo, que considera fatores pedagógicos, mas também socioeconômicos, como a renda familiar, deve ser publicado na segunda-feira (4).

As inscrições gratuitas serão realizadas entre 11 de setembro e 13 de outubro no site da Prefeitura (araraquara.sp.gov.br) e também nas unidades do CRAS (Centro de Referência da Assistência Social).

O estágio será desenvolvido em áreas relacionadas aos cursos dos jovens e terá entre 4 e 6 horas diárias, com prazo mínimo de 6 meses e máximo de 2 anos (exceto quando se tratar de estagiário com deficiência).

Voltar

Acesso Rápido

Siga-nos no Facebook

Links Úteis