NOTÍCIAS

Voltar

Obra de aterro no Jardim Indaiá está na reta final

7 de março de 2018


A enorme cratera provocada pelas chuvas, que causaram danos nos últimos três anos na antiga tubulação em área institucional, na região do Jardim Indaiá, no final da Avenida Luiz Sotratti e proximidades da Avenida Manoel de Abreu, está sendo aterrada pela Prefeitura.

 

A obra atingiu 100 dias nesta primeira quinzena de março e os esforços estão concentrados na drenagem, proteção e canalização das várias nascentes com manta, tubos, tipo Bidim, e pedras rachão. Essas paralelas à linha mestra já instalada.

 Na primeira etapa foram construídas quatro caixas de passagem e dissipadores de energia de água e instalada a linha de tubo PAD 120mm em mais de 180 metros lineares. Também foi edificada a ala de saída com dissipadores de energia em piso de concreto.

 A erosão atingiu 15 metros de profundidade numa extensão de 180 metros.

 “Acredito que a etapa mais difícil da obra foi superada. Os serviços executados resistiram bem às fortes chuvas da semana passada e agora vamos finalizar com o aterro”, relatou o secretário de Obras Públicas, João Bernal.

 A erosão na cratera contribuía para o assoreamento do córrego Serralhal e a Represa de Captação de Água das Cruzes, uma das principais fontes superficiais de abastecimento da cidade. O investimento oriundo de recursos próprios contempla a drenagem e o aterro.

Voltar

Acesso Rápido

Siga-nos no Facebook

Links Úteis