NOTÍCIAS

Voltar

Plenária regional do OP escolhe reforma de CER do Jardim Iedda

21 de junho de 2017


Em plenária da Região 9 do OP (Orçamento Participativo), moradores do Jardim Iedda e mães de crianças que estudam no CER “Rosa Broglio Zanin” se mobilizaram e conseguiram a aprovação de uma reforma estrutural na unidade, o que será incluído no orçamento e executado em 2018.

 

O encontro, realizado no CER na noite de segunda-feira (19), reuniu cerca de 280 pessoas das sub-regiões do Cecap (incluindo o Residencial dos Oitis), do Iedda, do Cruzeiro do Sul e do Hortênsias. Houve recorde de público em relação às plenárias anteriores.

 

Ao todo, foram dez ações elencadas pelos moradores e que chegaram até a votação final. A reforma do CER recebeu exatos 100 votos e venceu. A construção de uma unidade de saúde no Victório de Santi ficou em segundo lugar, com 73 votos, enquanto a cobertura da quadra da academia de saúde do Cruzeiro do Sul, com 49 votos, ocupou a terceira posição.

 

Além da escolha da reforma do CER, a população também elegeu quatro representantes para o Conselho do OP (que define os detalhes dos investimentos e fiscaliza as execuções) e um para o Conselho Municipal de Usuários do Transporte Coletivo.

 

“O OP corrige injustiças sociais. Sem o OP, não é a vontade da maioria que vale. A população não pode abrir mão do Orçamento Participativo, pois ele não é meu e nem dos secretários: é dos moradores de Araraquara”, afirmou o prefeito Edinho à população que estava na plenária.

 

A secretária de Educação, Clélia Mara dos Santos, explica que a reforma do CER do Jardim Iedda é “uma obra extremamente importante”. “Ela vai oferecer mais conforto e melhor atendimento na educação infantil para essa região toda”, declara.

 

Morador do Victório de Santi, Tércio da Rocha participou da plenária e elogiou o OP. “Para mim, o Orçamento Participativo tem uma grande importância por que não é uma pessoa só que decide. São várias pessoas da comunidade que vão realmente ver o que necessita para o bairro”, disse.

 

“O OP é tudo na vida da população. É um direito que a população tem de governar junto com o prefeito, porque o Edinho não é um prefeito que decide sozinho”, opinou Rosa de Souza Mello, que também é do Victório de Santi.

 

A plenária ainda contou com presença do vice-prefeito e secretário do Trabalho e do Desenvolvimento Econômico, Damiano Neto; da deputada estadual Márcia Lia (PT); dos vereadores Edio Lopes (PT), Thainara Faria (PT), Paulo Landim (PT) e Zé Luiz (PPS), além de diversos secretários e coordenadores.

 

Repercussão

 

A diretora do CER “Rosa Broglio Zanin”, Maria Isabel Lindolfo, comemorou a aprovação da reforma. Segundo ela, o prédio apresenta infiltrações, problemas nos banheiros e não tem lactário.

 

“É uma conquista muito grande. Gente de outros bairros mudou de ideia ao votar porque viu a nossa necessidade”, afirma a diretora, que está à frente do CER há três anos.

 

A unidade atende quase 400 crianças até cinco anos de idade dos bairros Jardim Iedda, Jardim Silvestre, Jardim Santa Marta, Jardim Del Rey, Jardim dos Industriários, Jardim Esplanada, Jardim Imperial e Jardim Arco-Íris.

Voltar

Acesso Rápido

Siga-nos no Facebook

Links Úteis