NOTÍCIAS

Voltar

Política sobre drogas é tema de extrema importância, avalia Edinho

9 de março de 2018


“As drogas são o maior problema da humanidade no ​século XXI”, afirmou o prefeito Edinho na abertura da 1ª Conferência Municipal sobre Políticas de Drogas, no Cefor (Centro Formador de Pessoal para a Saúde), no Jardim Morumbi, na manhã desta sexta-feira (9).

 Durante todo o dia, a conferência, realizada pela Secretaria de Planejamento e Participação Popular e pelo Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas, contou com palestra e debates em cinco eixos temáticos: prevenção, tratamento, reinserção social, redução de oferta e redução de danos.

 O resultado da conferência irá gerar um Plano Municipal sobre Políticas de Drogas, que será enviado pelo prefeito Edinho à Câmara Municipal como um projeto de lei e terá validade de quatro anos.

 “Esse é um tema de extrema importância e que tem que ser enfrentado por duas frentes: o tratamento da doença e a prevenção da doença. Temos que ser, em todas as esferas, mais competentes e eficazes que a oferta das drogas, sejam elas lícitas ou ilícitas”, afirmou o prefeito Edinho.

 O prefeito lembrou que a grande maioria de infrações cometidas por presos da Penitenciária e internos dos Centros de Ressocialização estão ligados às drogas.

 “Que o trabalho da conferência seja proveitoso para que possamos enviar à Câmara um plano municipal, que irá virar lei, e dar as diretrizes das políticas públicas para a área”, concluiu.

 A secretária de Planejamento e Participação Popular, Juliana Agatte, reforçou que as conferências são o ponto de partida para a elaboração dos planos municipais. “Daqui sairão as diretrizes sobre o que a gente quer na política sobre drogas. Como lidar com o efeito das drogas na sociedade”, explicou.

 A secretária de Saúde, Eliana Honain, destacou que um dos problemas da atualidade é o uso abusivo de álcool e drogas, que deve ser enfrentado com políticas intersetoriais. “Que seja uma conferência profícua a todos nós, com diretrizes para melhorar nossas parcerias. É um tema importante para nossa sociedade.”

 Para a coordenadora de Políticas Públicas para as Mulheres, Amanda Vizoná, esse tema também tem ligação direta com o trabalho voltado às mulheres. “Se as mulheres não estão enfrentando esse problema, muitas vezes têm seus filhos envolvidos com a drogadição”, lembrou.

​​Parcerias

 A diretora da Drads (Diretoria Regional de Assistência e Desenvolvimento Social), Edna Martins, ressaltou que o Governo do Estado se coloca como parceiro junto aos municípios para o desenvolvimento dessas políticas, que são cada vez mais importantes. “Antes, a gente podia falar que isso era problema de grandes cidades, mas hoje qualquer pequeno município da região sofre com isso”, explicou.

 O vereador Elias Chediek (MDB), que representou a Câmara, afirmou que o Legislativo está junto nessa luta. “Todo mundo tem que estar engajado. Bom trabalho para todos”, disse. Para a deputada estadual Márcia Lia (PT), a Prefeitura segue o caminho correto, que é ouvir a sociedade. “É fundamental esse espaço. Queria parabenizar todos vocês que cumprem esse papel de cidadania.”

 Por fim, o presidente do Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas, Ari Silva Simões Braga, disse estar muito feliz por participar da conferência e agradeceu a Edinho. “Sem o apoio do prefeito, seria impossível realizar esse evento”, afirmou.

 Ainda estiveram na conferência outros secretários municipais e representantes de entidades assistenciais e sociais de Araraquara.

Voltar

Acesso Rápido

Siga-nos no Facebook

Links Úteis