NOTÍCIAS

Voltar

Prefeitura faz folha de pagamento dos servidores municipais

7 de janeiro de 2017


A Prefeitura de Araraquara fez nesta sexta-feira, dia 06, o depósito integral da folha de pagamento dos servidores municipais referente ao mês de dezembro de 2016. O prefeito Edinho Silva utilizou as redes sociais para explicar passo a passo da operação e apresentar extratos financeiros do órgão municipal. “Nós conseguimos fechar depois de muito esforço e empenho dos servidores de carreira, especialmente, da Procuradoria e dos setores de tesouraria e contabilidade. Quero explicar como isso aconteceu tornando o mais transparente possível os números oficiais”, disse na transmissão ao vivo na sua página no Facebook.

 

De acordo com os documentos apresentados, em 02 de janeiro de 2017, os recursos disponíveis para pagamento dos servidores, ou seja, aqueles não vinculados, eram de R$ 7.951.000,72.

 

“A Folha de pagamento corresponde a R$ 12.303.000,00. Mas, junto com ela é preciso pagar o FGTS que é de R$ 2 milhões, pensão alimentícia, de R$ 80 mil e os recursos para a Fungota de R$ 745 mil. Ou seja, em 02 de janeiro, faltavam para a Prefeitura fechar o total da folha, R$ 7.175.999,28”, explicou.

 

Em 03 de janeiro, com a entrada de recursos do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) e outros recolhimentos, o caixa da Prefeitura ficou com R$ 9.680.830,80. No dia seguinte (04), o valor em caixa subiu para R$ 10.589.965,50. No dia 05, o valor foi para R$ 12.077.148,27. “Lembrando que o dinheiro do IPTU é receita de 2017 que estamos usando para pagar uma despesa de 2016”, afirmou o prefeito que mostrou, inclusive no seu ao vivo, o parecer assinado pela Procuradora Municipal, Raquel Fernandes Gonçalves, orientando a não utilização de recursos vinculados e nem o não recolhimento do FGTS.

 

Nesta sexta-feira, dia 06, o caixa da Prefeitura apresentava R$ 13.283.113,70. Ainda faltavam R$ 1.843.866,30 para fechar o total da folha de pagamento. “Como conseguimos fechar esse valor? O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo já havia apontado que todo o recurso retido do Imposto de Renda dos servidores municipais, sejam eles de Fundações ou Autarquia, pertence ao município, portanto, à Prefeitura. Seguindo o que diz a legislação, nós conseguimos um parecer da Procuradoria Municipal e, num esforço do setor de contabilidade, fazer uma varredura do que tinha de recursos retidos no Imposto de Renda que não estavam no caixa. Nós conseguimos, especialmente por conta dos servidores do Daae, colocar no caixa R$ 2,3 milhões e com isso, fizemos a folha de pagamento, inclusive dos servidores da Gota de Leite”, explicou o prefeito.

 

Agradecimento

 

Edinho agradeceu os funcionários de carreira que se dedicaram para que a folha fosse fechada. “Estou muito feliz. A semana que vem conseguiremos trabalhar com mais tranquilidade. Essa foi a grande preocupação dessa semana”, destacou o prefeito que reforçou que utilizará sempre as redes sociais para mostrar o que está sendo feito. “Vou governar de forma transparente”, pontuou.

 

Transparência

 

A população terá acesso todos os meses aos demonstrativos das contas bancárias de titularidade do município de Araraquara. Os dados serão divulgados nos Atos Oficiais e nos meios eletrônicos até o quinto dia útil do mês subsequente, contendo informações de caixa do último dia do mês anterior.  As publicações ainda devem ser acompanhadas de um texto explicativo, detalhando a destinação legal dos recursos financeiros.

Voltar

Acesso Rápido

Siga-nos no Facebook

Links Úteis