NOTÍCIAS

Voltar

‘Queremos colocar metas e tornar o esporte de Araraquara mais eficiente’, diz Edinho

26 de janeiro de 2018


O prefeito Edinho e o secretário de Esportes e Lazer, Everson Miguel Inforsato, o Dicão, participaram de uma reunião com cerca de 30 técnicos de modalidades esportivas para apresentação do decreto nº 11.575, publicado pelo Executivo neste mês.

 

O decreto estabelece os índices a serem alcançados pelas equipes esportivas do Município em competições oficiais no ano de 2018 e define critérios para a política pública de distribuição de bolsas de fomento para o programa “Adote um Atleta”.

 No encontro, realizado no Ginásio de Esportes “Castelo Branco”, o Gigantão (sede da Secretaria),​ na manhã desta sexta-feira (26),​ foram apresentados os detalhes do documento e solucionadas as dúvidas dos técnicos sobre sua implantação.

 “Queremos colocar metas e tornar o esporte de Araraquara mais eficiente enquanto política pública. Os treinadores entenderam nossa proposta e vão trabalhar junto conosco para o fortalecimento do esporte. Obrigado a eles pelo apoio”, afirmou o prefeito.

 “O decreto acaba com a subjetividade. Irão compor as equipes e receber o benefício os atletas que tiverem índice técnico. Também vamos fortalecer as seletivas em diversas modalidades, estimular as escolinhas nos bairros e dar oportunidade a jovens que tenham talento”, explicou Edinho, que ainda informou que R$ 5 milhões serão investidos em 2018 na recuperação de espaços esportivos de Araraquara.

 Para Dicão, 2017 foi um ano “de bastante experiência” e de atender as necessidades que eram prioritárias. Agora, neste ano, o decreto irá começar um novo passo. “Queremos estimular os atletas, alcançar melhores condições”, disse o secretário.

 Entre os treinadores, a medida da Prefeitura foi bem recebida. “É um decreto importante, porque moderniza uma estrutura que estava engessada”, diz Edson Petroni, técnico da equipe de karatê. “É perfeito, é justo. Cria uma meta e motiva os atletas”, opina Alisson Alves da Silva, treinador de natação.

 Ainda participaram da reunião o coordenador de Esportes e Lazer, André Talora, e a gestora de projetos Roseli Gustavo.

​​

O decreto

 O texto estabelece que, nas modalidades coletivas em que o município já possua atletas em nível de competição, o índice a ser adotado será o aproveitamento igual ou superior a 70% das partidas realizadas, com no mínimo cinco disputas (partidas) em competições oficiais regionais e/ou amistosas contra adversários de outras regiões esportivas do Estado, entre 1º de fevereiro e 6 de maio de 2018.

 O mesmo vale para as modalidades individuais Damas, Xadrez, Tênis e Tênis de Mesa, nas quais o município já possua atletas em nível de competição. A Prefeitura irá organizar competições seletivas durante o mês de fevereiro para a reciclagem das equipes de competição. Após o processo seletivo, as equipes serão submetidas ao processo de qualificação.

 Nas modalidades individuais Capoeira, Judô, Karatê e Taekwondo, serão realizados torneios seletivos para identificação dos melhores atletas do município e sua aprovação (para que integrem a equipe de competição). Após as seletivas (de fevereiro a abril), as equipes serão submetidas a, no mínimo, cinco partidas de competições oficialmente reconhecidas e deverão obter o índice mínimo de aproveitamento de 70%.

 ​D​emais modalidades individuais​ ​(Atletismo Masculino, Atletismo Feminino, Ciclismo Masculino e Feminino, Ginástica Artística Masculina – Categoria Livre, Ginástica Artística Feminina – Categoria Livre, Ginástica Rítmica – Categoria Livre, Natação Masculina e Natação Feminina)​ tiveram índices a serem alcançados (que são mensuráveis, como distância, tempo de prova e notas) ​a​ partir do desempenho dos atletas em competições oficiais regionais, estaduais ou nacionais, ou, subsidiariamente, em torneios seletivos promovidos pela Prefeitura.

​​​Já nas modalidades em que existirem mais de uma equipe em Araraquara, a Administração abrirá inscrições para que elas se credenciem como representantes do município nas competições oficiais. Em março, serão organizadas competições entre essas equipes e a vitoriosa será a representante oficial do Município.

​​

‘Adote um Atleta’

 Segundo o decreto, só poderão participar do programa “Adote um Atleta” os atletas que conseguirem alcançar os índices estabelecidos no texto. A Prefeitura irá publicar todo mês, no dia 20, em seu site, os índices dos atletas e os valores recebidos por eles. As bolsas recebidas por atletas ainda em formação não serão suspensas.

Voltar

Acesso Rápido

Siga-nos no Facebook

Links Úteis