NOTÍCIAS

Voltar

Região do Jardim Pinheiros escolhe esporte e recapeamento como prioridades da sub-região 1

11 de março de 2017


Na primeira plenária do OP (Orçamento Participativo), os moradores da região do Jardim Pinheiros escolheram esportes e lazer e recapeamento como as prioridades em investimentos da Prefeitura.

O encontro foi realizado na noite de quinta-feira (9), na Escola Estadual Antônio Oliveira Bueno Filho, e recebeu moradores da sub-região 1 da região 7 do OP, que compreende os bairros Conjunto Habitacional Manoel Rodrigues, Jardim Ana Adelaide, Jardim Esmeralda, Jardim Pinheiros, Jardim Pinheiros II, Jardim Santa Clara e Vila Biagioni.

Por duas horas, as pessoas inscritas puderam elencar os problemas que enfrentam nos bairros. A maioria deles é relacionada às condições das ruas e calçadas, além da necessidade de espaços esportivos e de lazer.

Todos os temas foram listados e, no final, os dois vencedores foram escolhidos por votação popular. Agora, outros dois temas serão priorizados pela sub-região 2, na próxima semana. Mais à frente, irá começar a discussão específica sobre obras e serviços que devem ser realizados pelo Executivo na região, em 2018.

O eletricista Gilmar Fernandes, de 38 anos, mora no Jardim Ana Adelaide e gostou da experiência de participar do OP. “É um sistema bom de democratização. A gente consegue dar nossa opinião, falar com os secretários e vereadores, expor o que a gente precisa no bairro. É um contato direto com nossos dirigentes”, opinou.

Para a dona de casa Rafaela Raquel da Silva Nunes, de 22 anos, “os temas escolhidos foram interessantes”. “Achei o OP legal. É uma forma de ouvir o que o povo está precisando”, resume.

Participação expressiva

A secretária de Planejamento e Participação Popular, Juliana Agatte, destaca que a participação das pessoas foi expressiva, com mais de 60 pessoas. “Foi uma reunião bem proveitosa. A população participou, compreendeu as discussões. As demandas são muitas, especialmente na área de manutenção. O ‘Prefeitura nos Bairros’ vai dar resposta a essas questões”, diz.

“A participação social é central no nosso governo. Os recursos são escassos e precisamos definir prioridades. Ninguém melhor que a população para decidir isso”, completa.

Para Alcindo Sabino, coordenador de Participação Popular, a estreia do OP foi “muito boa”. “As pessoas sentem uma carência de ter contato com o poder público. Trazer a discussão para onde elas vivem é um dos objetivos.”

A próxima plenária do OP será na segunda-feira (13), ainda na região 7, na sub-regional 2. Estão convidados os moradores dos bairros Parque dos Sabiás, Parque Residencial São Lucas, Parque Residencial São Paulo, Jardim Alto de Pinheiros, Jardim Alto de Pinheiros II, Jardim Alto de Pinheiros III e Jardim Jacarandá. O encontro será realizado às 19h, no CER Eudóxia Pinto Ferraz, no Parque São Paulo.

Participaram da primeira plenária o vice-prefeito e secretário do Trabalho e do Desenvolvimento Econômico, Damiano Neto, o vice-presidente da Câmara, Tenente Santana (PMDB), os vereadores Toninho do Mel (PT) e Elias Chediek (PMDB), a deputada estadual Márcia Lia (PT) e diversos secretários e coordenadores da Prefeitura.

Voltar

Acesso Rápido

Siga-nos no Facebook

Links Úteis