NOTÍCIAS

Voltar

Segurança Alimentar realiza novo curso temático gratuito

23 de agosto de 2017


Na sequência das oficinas temáticas iniciadas este ano em Araraquara, a equipe do Núcleo de Educação Alimentar e Nutricional da Coordenadoria de Segurança Alimentar (ligada à Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social) realizou, na sexta feira (18), o curso sobre Aproveitamento Integral de Alimentos.

 

Ministrado na Cozinha Escola Comunitária, anexa ao Restaurante Popular I, o curso, gratuito, reuniu 26 pessoas de vários bairros da cidade, que se dividiram em grupos e elaboraram receitas especiais, de forma participativa, visando o aproveitamento integral dos alimentos.

A nutricionista e gerente de Segurança Alimentar, Paula Fernanda Oliveira, e a engenheira de Alimentos, Fernanda Silvestre Luppatelli, desenvolveram, durante a oficina, receitas de esfirra de talos de verduras, bolo de casca de banana, docinho de abacaxi com coco e torta salgada de casca de abóbora com recheio de talos.

Segundo Fernanda Luppatelli, o objetivo da oficina foi potencializar o aproveitamento das partes de hortifrutis normalmente descartadas, como cascas de frutas e legumes, e talos de verduras. “Com esses produtos, podem ser elaboradas receitas saborosas e nutritivas”, explica a engenheira de Alimentos da Prefeitura.

“Além de combater o desperdício, a adição de talos e cascas melhora o valor nutricional com um incremento na quantidade de fibra alimentar às receitas”, acrescenta Fernanda.

Em setembro, segundo o coordenador municipal de Segurança Alimentar, Marcelo Mazeta Lucas, será realizada a oficina de receitas diet e light, direcionadas, principalmente, a pessoas que têm necessidades de dietas especiais.

 

Temas específicos

Vale destacar que desde abril deste ano, a Coordenadoria de Segurança Alimentar já realizou várias oficinas culinárias temáticas gratuitas em Araraquara.

A primeira oficina envolveu a elaboração de doces de chocolates, relativos à Páscoa; em maio, houve produção de brindes especiais alusivos ao Dia das Mães; em julho, o curso priorizou receitas com milho verde, por conta das festas típicas do período; e, em julho, pratos à base de caldos e risotos, comuns durante o inverno.

“Além de colocar efetivamente a mão na massa com os cursos, a população tem a oportunidade de melhorar sua renda familiar confeccionando e comercializando esses produtos”, ressalta o coordenador de Segurança Alimentar, Marcelo Mazeta Lucas.

Voltar

Acesso Rápido

Siga-nos no Facebook

Links Úteis