NOTÍCIAS

Voltar

Servidores da Prefeitura já podem aderir ao novo plano de saúde

30 de maio de 2018


O servidor da Prefeitura de Araraquara já pode aderir ao novo plano de saúde, que traz maiores benefícios ao trabalhador. Uma equipe da São Francisco Saúde, que venceu a licitação, está de plantão para a divulgação dos modelos de plano e para tirar todas as dúvidas até o dia 15 de junho, das 8h às 20h, no Shopping Lupo, próximo à Prefeitura — Rua Gonçalves Dias (Rua 1), nº 543.

Em entrevista ao “Canal Direto com a Prefeitura”, o secretário de Gestão e Finanças, Donizete Simioni, lembrou que as melhorias no plano de saúde são um pedido desde o início da atual gestão e que os menores salários terão 100% de subsídio da Prefeitura (ou seja, não precisarão pagar mensalidade).

“É uma reivindicação dos servidores desde que chegamos à Prefeitura, em janeiro de 2017. Também foi uma proposta de governo do Edinho na campanha. Agora, depois de um processo de licitação demorado, a São Francisco Saúde ganhou e estamos começando a colocar em prática o plano de saúde para os servidores. Os servidores que quiserem aderir ao plano já podem aderir”, afirmou Simioni.

“Os servidores que têm menores salários terão subsídio de 100% do plano. Estamos colocando em prática um plano que resulta, na prática, em aumento de salário a esses servidores, que não precisarão mais pagar o plano”, explicou. O plano da São Francisco passa a vigorar a partir de 1º de julho.

São três modelos de plano. No Plano 1, a coparticipação será paga pelo servidor a partir da 4ª consulta, do 3º exame de baixa complexidade e do 2º exame de alta complexidade. No Plano 2, nos mesmos moldes do atual, a coparticipação é cobrada já no primeiro exame e consulta.

Já o Plano 3 exige coparticipação apenas a partir da 5º consulta ou do 5º exame. Fica a critério de cada trabalhador escolher o melhor plano para si.

Os valores de coparticipação são os seguintes: R$ 19,15 para consultas eletivas, R$ 26,16 para pronto atendimento (urgência e emergência), R$ 8,72 para exames de baixa complexidade e R$ 40 nos casos de exames de alta complexidade.

“O servidor tem que ver qual é o melhor para ele e fazer a opção. A coparticipação diminuiu bastante. É um plano muito vantajoso em relação ao que tinha anteriormente. E não tem carência: já começa em 1º de julho”, reforça.

​​Dúvidas

Simioni respondeu dúvidas dos internautas. Sobre internações pela São Francisco, o secretário afirmou que a empresa terá de cumprir todas as exigências do contrato, sendo que uma delas é ter leitos disponíveis em Araraquara. Em um primeiro momento, esses leitos serão na Santa Casa de Araraquara e na Maternidade Gota de Leite. Simioni explicou que a empresa está trabalhando na reforma da Beneficência Portuguesa para, em breve, atender nesse hospital.

Quem tem o plano anterior, com outra empresa (com coparticipação a partir da primeira consulta e do primeiro exame) e quiser continuar, deve procurar a cooperativa para fazer um plano particular a partir do encerramento do contrato atual, no mês que vem. “O plano da empresa anterior com a Prefeitura se encerra em 30 de junho”, explica o secretário. E o cancelamento também não é automático: é necessário ir até lá.

Mais informações sobre o plano de saúde podem ser consultadas no boletim “Fique Sabendo”, produzido pela Secretaria de Comunicação: http://www.araraquara.sp.gov.br/fiquesabendo/. Também é possível entrar em contato com o setor de Recursos Humanos da Prefeitura, pelo telefone 3301-5071, e com a Central de Atendimento da São Francisco Saúde, pelo 2108-2017.

Voltar

Acesso Rápido

Siga-nos no Facebook

Links Úteis