NOTÍCIAS

Voltar

Terapia Ocupacional leva acolhimento às mães na Gota de Leite

13 de dezembro de 2017


Oferecer assistência integral e humanizada às mães dos bebês internados na Maternidade Gota de Leite é o objetivo do trabalho de Terapia Ocupacional desenvolvido pelo hospital. A iniciativa visa possibilitar que as mães compartilhem emoções e aliviem o estresse, além de desenvolverem a criatividade e a autoestima.

 

A terapeuta ocupacional Karina Viviani Bezerra explica que as atividades acontecem em um período de vulnerabilidade emocional para essas mulheres, que vivenciam alterações hormonais, físicas e psíquicas após a chegada do bebê. “A finalidade é promover um espaço de desabafo, alívio de estresse e de ansiedade, oferecendo momentos de interação, troca de experiências e o desenvolvimento de habilidades”, diz.

 Realizados diariamente, os atendimentos são individuais ou em grupo, conforme a necessidade das mães, cujos bebês estão internados na Unidade de Cuidados Intermediários (UCI) do hospital. “Há muitos casos em que o recém-nascido necessita de um longo período de internação e as mães, que permanecem como acompanhantes 24 horas, acabam ficando angustiadas, cansadas e ansiosas”, conta Karina, que também desenvolve o trabalho com gestantes.

 Os trabalhos são conduzidos por meio de oficinas de atividades manuais, com foco no artesanato, como forma de minimizar a carga de ansiedade. Por meio da ação, as mães confeccionam itens para casa e também para o bebê.

 Para as mães que participam da iniciativa, o momento é de suporte. “Esse trabalho é muito interessante. Querendo ou não, no hospital a gente fica angustiada, sem poder fazer muita coisa, só esperando o bebê melhorar. E com as atividades a gente se distrai, conversa e faz as coisinhas para eles. A gente até esquece que está num hospital”, conta Jéssica Priscila da Silva, mãe do pequeno paciente Enzo Miguel.

Voltar

Acesso Rápido

Siga-nos no Facebook

Links Úteis