Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2019 / Maio / 10 / Vistoria da Azul aponta boas condições da pista e da estrutura do aeroporto

Urbano

Vistoria da Azul aponta boas condições da pista e da estrutura do aeroporto

Alguns ajustes deverão ser feitos antes do início dos voos regulares; empresa está otimista com operações no mercado local
foto05 Prefeito Edinho recepciona diretor Ronaldo Veras, da Azul Linhas Aéreas,  no Aeroporto Bartholomeu de Gusmão 08maio19 Tetê Viviani.jpg

 

 

A equipe da Azul Linhas Aéreas, que esteve na última quarta-feira (4) no aeroporto estadual Bartholomeu de Gusmão realizando vistoria técnica, encontrou a parte estrutural bem mantida e a pista em boas condições de pouso e decolagem.

A informação é de Ronaldo Veras, assessor da presidência da empresa aérea, que também esteve no aeroporto acompanhando os profissionais que atuam na área de segurança de voo. Na ocasião, ele se encontrou com o prefeito Edinho e eles conversaram sobre a intenção da Azul de iniciar seus voos regulares na cidade no mês de setembro.

Segundo Veras, com base na vistoria será concluído um relatório pré-operação que apontará os ajustes a serem feitos no aeroporto Bartholomeu de Gusmão.

“Mas, em geral, as condições são boas, existem alguns ajustes que devem ser feitos, em função do aeroporto não estar sendo usado para voos regulares. Entre eles, nos preocupa a questão da cerca patrimonial, que precisa ser reforçada, porque tomamos conhecimento de invasões no sitio aeroportuário”, adiantou Veras, nesta sexta-feira (10). “Nós avaliamos também a parte de combate a incêndio, raio X e inspeção de passageiros e existem alguns pontos que devem também ser levados em atenção, mas nada que não seja possível acertar. Faremos um relatório e encaminharemos para a Prefeitura e também com o Daesp”, acrescentou, se referindo ao Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (Daesp), órgão do Estado responsável pela administração do aeroporto.

Ainda de acordo com o representante da Azul, o Bartholomeu de Gusmão também deverá passará por um processo de certificação pelo órgão fiscalizador, que será emitida após um check list nos planos de segurança, planos de inspeção de passageiros e comprovação técnica dos profissionais, entre outros.

Passada esta etapa, será emitida a certificação do aeroporto para a operação de empresas aéreas.  “Acreditamos que, com a colaboração da Prefeitura e do Daesp, até setembro tudo seja resolvido. A ideia é operar de 5 ou 6 voos por semana, com chegada a noite e saída de manhã, mas isso ainda será definido pela empresa.  A ligação será com o aeroporto de Viracopos, em Campinas, de onde o passageiro de Araraquara terá acesso a voos para todo o Brasil e também para o exterior”, afirmou.

A Azul Linhas Aéreas opera quase 200 voos nacionais e internacionais em Campinas.

Ronaldo Veras declarou ainda que a empresa está confiante no sucesso das operações no mercado local. Também destacou o incentivo dado pelo governo do Estado e anunciado recentemente, que reduziu o imposto do ICMS da QAV (Querosene de Aviação) de 25% para 12%, tendo como contrapartida das companhias aéreas o investimento do setor no território paulista.  

“Temos todo o interesse em voltar a operar neste mercado”, concluiu Ronaldo Veras.

 

 

registrado em: , ,