Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2019 / Março / 22 / Após dois anos, OP ganha novas características na cidade

Planejamento

Após dois anos, OP ganha novas características na cidade

cb6f32af-b033-45d6-8f7b-b9ea54e8fbcf.jpg

Para coordenador de Planejamento e Participação Popular Alcindo Sabino, diferenças entre regiões podem explicar mudanças

 

No terceiro ano de sua retomada em Araraquara, que teve início em 2017, as plenárias do OP já apresentam algumas diferenças entre algumas regiões ou bairros de Araraquara.

 

Conforme explicou o Coordenador de Planejamento e Participação Popular, Alcindo Sabino, em entrevista ao programa ‘Canal Direto com a Prefeitura’, na quinta-feira (21), as características de cada região podem explicar a diferença.

 

“Dependendo do interesse em uma região determinada, a mobilização pode ser maior em relação à outra, principalmente se houver uma construção ou reforma de escola”, afirmou Alcindo.

 

Ainda segundo o coordenador, existem algumas regiões que carecem de alguma manutenção dos espaços públicos. “Mas, de uma forma geral, temos uma cidade privilegiada, já que na maioria dos bairros existem posto de saúde, creche, escola e até uma unidade de Cras – Centro de Referência da Assistência Social”.

 

Historicamente, a região central de Araraquara é a que menos participa das assembléias do OP, além dos bairros Santa Angelina, Vila Harmonia e Jardim Imperador. “São setores de boas condições financeiras e de infraestrutura e por isso não dependem muito de serviços públicos”, explicou.

 

Ainda por conta dessas diferenças, Alcindo Sabino enfatizou que nesta fase pré-regional, o OP abre os debates para a participação de toda comunidade.

 

“É importante que as pessoas compareçam às reuniões e apresentem aos  secretários municipais do governo, ou aos seus representantes, as propostas para serem votadas na plenária regional, durante a segunda fase do OP, cujos debates vão até junho”, reiterou.

 

O contato direto com a população, segundo Alcindo, possibilita que sejam conhecidos os problemas e as prioridades de cada bairro, ou região da cidade.

 

Novas atrações

“Nesses mais de dois anos, o OP prova que este modelo de democracia direta  tende a funcionar de uma forma mais atrativa e torna a cidade mais realista”, analisou.

 

Outro sinal positivo das mudanças: as pessoas estão enxergando a cidade de uma forma mais ampla, além das questões que de saúde e educação.

 

Por isso, nos bairros com maior infraestrutura, as reivindicações agora envolvem mais as áreas de Esportes e Lazer e de Meio Ambiente.

 

Ainda de acordo com Alcindo Sabino, durante as temáticas do OP, é mais comum a presença maior de mulheres. “No ano passado também houve uma grande presença de setores da juventude araraquarense”, lembrou.

 

Sinal aberto

Só para reafirmar: o ‘Canal Direto com a Prefeitura’ é apresentado ao vivo, de segunda a sexta-feira, às 18h30, pela TV Web Participativa, na página oficial do Facebook e no Portal da Prefeitura de Araraquara.

 

O entrevistado do programa é sempre um integrante do governo e todo o conteúdo pode ser visto também posteriormente na página do Facebook e no Portal da Prefeitura.

registrado em: , ,