Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2019 / Novembro / 13 / Beneficiário das Frentes da Cidadania consegue emprego e agradece Edinho

Social

Beneficiário das Frentes da Cidadania consegue emprego e agradece Edinho

José Carlos Rodrigues, de 60 anos, estava desempregado havia cinco anos e vai trabalhar com carteira assinada como jardineiro; ele visitou o gabinete do prefeito Edinho na terça-feira (12)
foto03 Beneficiário das Frentes da Cidadania consegue emprego e visita gabinete para agradecer o prefeito Edinho 12nov19.JPG
 


O senhor José Carlos Rodrigues, de 60 anos, morador do Jardim América, foi um dos beneficiários da primeira turma do Programa de Incentivo à Inclusão Social – Frentes da Cidadania e, após cinco anos de desemprego, conseguiu uma vaga com carteira assinada como jardineiro em uma escola infantil.

Na tarde de terça-feira (12), José visitou o gabinete do prefeito Edinho para contar sua história e agradecer a ele pela oportunidade. O jardineiro esteve acompanhado da coordenadora das Frentes da Cidadania, a assistente social Giovana Carvalho.

Desde o início do programa, quatro turmas já foram chamadas (a última delas, no mês passado), totalizando 163 pessoas beneficiadas.

“É extremamente gratificante ouvir o seu José e saber que, sim, é possível acreditar nas pessoas, apostar nelas, oferecer a única coisa que elas precisam: uma oportunidade. Esse é o significado do nosso trabalho diário aqui. Toda nossa gratidão à escola Quintal de Gaya, que, assim como nós, acreditou em pessoas como seu José. A empresa mostra sua grandiosidade e merece todo nosso reconhecimento”, afirmou o prefeito Edinho.

Para o senhor José, a participação nas Frentes da Cidadania foi gratificante. “Essa oportunidade surgiu em um momento em que estava desempregado. Sou tutor de uma criança de 9 anos, minha esposa estava esperando um neném e eu estava morando de favor. Não tinha como falar que eu resolveria meus problemas. Mas eu pude recomeçar a pôr minha vida em prática. Essa oportunidade é rara. Quem tem ela precisa agarrar”, revelou o jardineiro.

“Em cada família, quantas pessoas passam por necessidade e têm essa oportunidade? Fiz cursos pelo Senac e pelo Senai, adquiri conhecimento, aprendi a me expressar melhor, a conviver melhor com as pessoas. Foram coisas que só me fizeram bem. Foi uma oportunidade de recomeçar na vida. Agora estando empregado, vou conseguir tocar minha vida e cuidar das minhas filhas”, concluiu.

Para Giovana Carvalho, o exemplo de José pode ser seguido por outras pessoas. “Nós fazemos esse trabalho com essa finalidade mesmo: a inclusão produtiva. São três saídas: a carteira registrada, abrir o próprio negócio ou pelas cooperativas. Essa situação abre portas para outras pessoas que não acreditam nessa capacidade que elas têm. Essas pessoas conseguem, sim, passar pelo processo seletivo e ser reinseridas”, afirma a coordenadora do programa.

O programa
As Frentes da Cidadania buscam o incentivo à inclusão social e a reinserção no mercado de trabalho por meio da qualificação e da prática profissional para ajudar as pessoas que mais precisam.

O objetivo é oferecer apoio para a volta ao mercado profissional. Além disso, os participantes e suas famílias serão inseridos em projetos sociais nas áreas de educação, cultura, esportes, saúde e assistência social.

Os selecionados assinam com a Prefeitura um termo de adesão pelo prazo de um ano e são beneficiados com bolsa-auxílio para participação em cursos, treinamentos e práticas profissionais em áreas diversas.

Podem participar adolescentes que estejam ou tenham cumprido medida socioeducativa ou pessoas em situação de vulnerabilidade social como, por exemplo, moradores em situação de rua, dependentes químicos em recuperação, mulheres vítimas de violência, mulheres arrimo de família, reeducandos que tenham cumprido pena, desempregados cujas famílias estejam em situação de vulnerabilidade e que morem em Araraquara há pelo menos dois anos.

 

registrado em: , ,