Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2019 / Setembro / 24 / Plant Art recebe programação do FIDA nesta quarta (dia 25)

Cultura

Plant Art recebe programação do FIDA nesta quarta (dia 25)

Programação começa às 20h com encontro “Dança em Jogo”, seguido pela apresentação dos solos “Odoiyá” e “O que se vê do que passou?”
Odoiya_ok foto Fernando Lopes.jpg

 

Nesta quarta-feira, 25 de setembro, a programação do FIDA – Festival Internacional de Dança de Araraquara apresenta: o encontro “Dança em Jogo”, às 20 horas; e a apresentação dos solos “Odoiyá” e “O que se vê do que passou?”, respectivamente com Bel Souza e Luzinete Silva. A programação é gratuita e será realizada no espaço cultural Plant Art, na região central, sem necessidade de retirada de ingressos.

O “Dança em Jogo” abre a programação às 20 horas, sob a coordenação de Felipe Alduina, propondo um jogo de cartas com temas transversais sobre Arte, aberta ao público em geral. De acordo com a curadora do FIDA, Gilsamara Moura, o Dança em Jogo é um encontro que terá uma pessoa com cartas que trazem temas relevantes à vida. “No jogo, seremos provocados a refletir, falar e escutar. Concordância e discordância, porém juntos e juntas vamos aprender a conviver. Uma brincadeira, um jogo, uma vivência”, explica, lembrando que a atividade é aberta ao público em geral, que está convidado a celebrar e “corazonar” com todos presentes.

Odoiya_ok foto Fernando Lopes.jpg

Os solos “Odoiyá” e “O que se vê do que passou?”, ambos com classificação livre, terão início às 22 horas. O solo “Odoiyá” centra-se em Iemanjá: seus aspectos simbólicos, arquetípicos e sensoriais. Concebido no espaço sagrado de recolhimento do candomblé durante o processo de iniciação da criadora Bel Souza, o espetáculo foi criado a partir de um estado de maré (Marilza Oliveira/UFBA), uma sensação de eterno flutuar, de ter o corpo envolvido pelas águas que vem e vão. O espetáculo tem direção geral da própria intérprete e direção cênica assinada por Marilza Oliveira.

Luzinete Silva 1.png

Já em “O que se vê do que passou?”, a bailarina Luzinete Silva aborda questões de submissão e silenciamento, buscando trazer reflexões acerca do corpo feminino que dança e desvenda as possibilidades de posicionamento que lhes foram negadas. Mergulhada no passado, a artista encontra, por meio da dança, coisas que não eram tão visíveis da superfície.

Vale destacar que, ainda na quarta, às 10 e 15 horas, o Festival leva aos alunos da rede municipal, o espetáculo “Ocupação Transitória”, com Douglas Emilio, Felipe Alduina, Lucas Fernandes e Lucas Moraes.

Além da programação de espetáculos, o FIDA também possui uma agenda com atividades de formação. Pela manhã, das 9h às 12h, acontece o “Processo de criação e autodescoberta”, com Ivanise de Carlo (SP), para professores da Rede Pública. À tarde, das 14h às 17h, haverá a minirresidência “Estudos para criação de plataforma digital multimídia”, com Bel Souza e Bruno Lottelli (BA/SP), na Escola Municipal de Dança Iracema Nogueira (de 25 a 27/09).

Toda a programação é gratuita e pode ser acompanhada pelo site e redes sociais da Prefeitura de Araraquara. A Plant Art está localizada na Rua Itália, nº 1711, no Centro (próximo à Biblioteca Municipal).

 

SERVIÇO:

Fida – Festival Internacional de Dança de Araraquara apresenta:

Dia: quarta-feira (25 de setembro)

10h e 15h: Espetáculo “Ocupação Transitória”, com Douglas Emilio, Felipe Alduina, Lucas Fernandes e Lucas Moraes (exclusivo para alunos das escolas públicas de Araraquara)

20h: “Dança em Jogo”, com Felipe Alduina - Plant Art (Rua Itália, nº 1711 – Centro)

22h: Espetáculos solos “Odoiyá”, com Bel Souza + “O que se vê do que passou?”, com Luzinete Silva - Plant Art (Rua Itália, nº 1711 – Centro)

 

Grátis - Classificação livre

registrado em: ,