Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2019 / Setembro / 26 / Sipat abordará relacionamento no trabalho e animais peçonhentos

Gestão

Sipat abordará relacionamento no trabalho e animais peçonhentos

18ª Semana Interna de Prevenção de Acidentes da Prefeitura termina nesta sexta-feira (27)
foto04 Sipat terá duas palestras nesta sexta feira 26set19 Tetê Viviani.jpg

 

 

A 18ª Semana Interna de Prevenção de Acidentes (Sipat), organizada pela Prefeitura, termina nesta sexta-feira (27) com duas palestras, a partir das 9h, no Centro Internacional de Convenção, no Jardim Primavera, região central de Araraquara.

Na abertura, a palestrante Ticiana Tortorelli exporá o painel “Relacionamento Interpessoal no trabalho”. Em seguida, às 10h30, o tema “Acidentes por animais peçonhentos: Identificação, sintomatologia e primeiros socorros” com o palestrante Israel Aparecido Joaquim, encerra o evento, que é direcionado aos servidores municipais e a população em geral.

 

Segurança no trânsito

Nessa quinta-feira (26), o secretário municipal de Cooperação dos Assuntos de Segurança Pública, coronel João Alberto Nogueira, apresentou o painel “Segurança no trânsito”.

“Neste ano, tivemos até o mês de agosto 12 mortes no trânsito em Araraquara, sendo sete vítimas fatais com motos, três com carros e duas com bicicletas. Por isso, a educação e a prevenção no trânsito são essenciais para reduzir esses números”, destacou o coronel.

O presidente da CIPA, Ivo Carpini Martinez, acrescentou que entre os servidores da Prefeitura, as ocorrências de acidentes de trabalho são de aproximadamente 16 por mês, sendo seis de trajeto. “Os acidentes de trânsito merecem atenção especial da CIPA”, enfatizou.

Também nessa quinta-feira, o coordenador executivo da Vigilância em Saúde, Rodrigo Ramos, abordou o quadro “Doenças infecciosas e parasitárias transmitidas por vetores – arboviroses e leishmanioses”, por pequenos insetos e aracnídeos.

“A prevenção é a peça-chave. Evitar os criadouros e manter o ambiente limpo são medidas essenciais para combater o Aedes aegypti e outros transmissores de doenças infecciosas”, resumiu Rodrigo.

 

registrado em: , ,