Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2021 / AGOSTO / 09 / “OE”, com Eduardo Okamoto, é o espetáculo convidado para a abertura da SLAMC

Cultura

“OE”, com Eduardo Okamoto, é o espetáculo convidado para a abertura da SLAMC

“OE” é um solo inspirado na obra do escritor japonês Kenzaburo Oe
OE_3_foto_Fernando Stankuns.jpg

 

 

O ator Eduardo Okamoto é o convidado para a abertura da 33ª Semana LU(i)Z Antonio Martinez Corrêa neste sábado, 14 de agosto: ele apresenta o espetáculo “OE”, às 20 horas, e na sequência, às 21h15, é o primeiro convidado do Café de Investigação.

“OE” poderá ser conferido pelo canal da Prefeitura de Araraquara no YouTube, enquanto o Café de Investigação é realizado por meio da Plataforma Zoom, sob a mediação da curadora da Semana, Flávia Marquetti. Para o Café de Investigação – me que será analisada a produção e a estética de “OE” - é necessária a inscrição prévia.

Vale destacar que as inscrições para o Café de Investigação estão abertas pelo link https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScERgdKd6K0iHzb5YeCN4iIC9ImAqKBo2243AWXLXVq2pmnwQ/viewform .

Eduardo Okamoto é ator, Bacharel em Artes Cênicas (2001), Mestre (2004) e Doutor (2009) em Artes pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), onde leciona. Realizou estágio de pós-doutorado no Theatre and Performance Department of Goldsmiths University of London (2019).

Sua formação inclui experiências com criadores diversos, dentre os quais se destacam: Newton de Souza, Suzi Frankl Sperber, Lume Teatro, Verônica Fabrini, Marcelo Lazzaratto, Maria Thais, Marcio Aurelio, Marie-Garielle Rotie e Yumiko Yoshioka. É representado pela SIM! Cultura, produtora cultural gerida por Daniele Sampaio.

Apresentou-se no Brasil e no exterior: Espanha, Suíça, Alemanha, Marrocos, Kosovo, Escócia e Polônia. Em sua trajetória, destacam-se, os espetáculos: “Agora e na Hora de Nossa Hora” (2006); “Eldorado” (2009); Recusa” (2012); “OE” (2015); “O Dragão de Fogo” (2017). Dentre diversas distinções como ator, foi duas vezes indicado ao Prêmio Shell (2009 e 2012) e recebeu o Prêmio APCA (2012). Participou de séries exibidas pela TV Cultura e para o Canal AXN. Atuou no curta “Natureza Morta”. É autor do livro “Hora de Nossa Hora: o menino de rua e o brinquedo circense” (Editora Hucitec, 2007).

 

Espetáculo - “OE” é um solo inspirado na obra do escritor japonês Kenzaburo Oe, especialmente no livro “Jovens de um novo tempo, despertai!” - um livro contendo a definição de todas as coisas existentes no mundo. Aí, o legado de um escritor para o seu primogênito com deficiência intelectual. E um sonho: no dia da sua morte, toda a experiência acumulada em si fluiria para o espírito inocente de seu filho.

Com encenação de Marcio Aurelio, atuação de Eduardo Okamoto e dramaturgia inédita de Cássio Pires, “OE” não dramatiza a ficção do autor nipônico. Experiencia-a. Encontra nela impulso para a abertura de imaginários.

A realização de um projeto urgente e impossível – um manual de definições do mundo, da vida e da morte – não é lido como o empreendimento pedagógico de um pai. Anuncia o processo em que cada um confere sentido às vivências.

A tarefa enciclopédica de uma única pessoa esconde um enigma aberto a todos: o pai ensina o filho, mas é também um outro filho clamando explicações a um pai perdido. Assim, a narrativa parte de circunstâncias singulares (um indivíduo e seu filho deficiente), mas não se encerra em particularidades. A expressão da singularidade de um ser humano relacionasse a enfrentamentos coletivos. Ou, dizendo de um outro modo, a delimitação da vida de um homem também esbarra nos limites do humano. Ou ainda: uma imagem do mundo revela também os nossos limites para sonhá-lo de outras maneiras.

Como parte do processo criativo, Eduardo Okamoto realizou, em fevereiro de 2014, um estágio no KazuoOhno Dance Studio, no Japão. A classificação indicativa de “OE” é para 12 anos.

A 33ª Semana LU(i)Z Antonio Martinez Corrêa é uma realização da Secretaria Municipal da Cultura e Fundart, com a parceria com o Sesc Araraquara, Senac e Unesp. A programação completa da Semana LU(i)Z Antonio pode ser acompanhada pelo site da Prefeitura de Araraquara (http://www.araraquara.sp.gov.br/slamc/ ). Toda a programação é gratuita.

 

FICHA TÉCNICA

Espetáculo inspirado na obra de Kenzaburo Oe

Encenação e iluminação: Marcio Aurelio

Dramaturgia: Cássio Pires

Atuação: Eduardo Okamoto

Assistência de direção: Lígia Pereira

Assistência de iluminação: Silviane Ticher

Orientação corporal: Ciça Ohno

Figurino e Cenografia: Marcio Aurelio

Assistente de Figurino e Cenário: Maurício Schneider

Fotografia: Fernando Stankuns

Registro em vídeo: Bruno Jorge | João de Barro Produção Independente

Design gráfico: Estúdio Claraboia

Orientação pedagógica do projeto: Suzi Frankl Sperber

Coordenação Técnica: Silvio Fávaro

Produção executiva: Mariella Siqueira

Direção de produção: Daniele Sampaio | SIM! Cultura

Gênero: Drama

 

SERVIÇO:

Abertura da 33ª Semana LU(i)Z Antonio Martinez Corrêa

Data: sábado (14 de agosto)

 

  • Programação:

 

19h - Abertura oficial

Onde: Canal da Prefeitura de Araraquara no YouTube

 

- “Onde estás felicidade” e “Primeiras falas”, apresentação do Programa Oficinas Culturais (produção dos educadores com participação dos alunos)

Onde: Canal da Prefeitura de Araraquara no YouTube

 

- Leitura do Manifesto “Por mais Amor”, com Ricardo Portari

Onde: Canal da Prefeitura de Araraquara no YouTube

 

20h – “OE”, com Eduardo Okamoto (espetáculo inspirado na obra de

Kenzaburo Oe)

Onde: Canal da Prefeitura de Araraquara no YouTube

 

21h15 – Café de Investigação com Eduardo Okamoto

Mediação: Flávia Marquetti

Onde: Plataforma Zoom

Inscrições gratuitas no site da Prefeitura (https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScERgdKd6K0iHzb5YeCN4iIC9ImAqKBo2243AWXLXVq2pmnwQ/viewform)

 

Grátis

registrado em: , ,