Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2021 / AGOSTO / 10 / Handebol feminino de Araraquara treina para novos desafios

Esportes

Handebol feminino de Araraquara treina para novos desafios

Equipes adulta e júnior da cidade estreiam temporada no final deste mês, em Campeonato Brasileiro e Liga Nacional de Handebol
Time junior comeca disputas no Brasileiro.jpg

 

 

 

As equipes de handebol feminino se preparam com boas expectativas para essa temporada, que por conta da pandemia terá disputas a partir de agora, no final deste mês.       

 

A equipe adulta de Araraquara da Unicesumar/Fundesport estreia no próximo dia 28 de agosto na recém-criada Liga Nacional de Handebol Feminino, que reunirá as oito melhores equipes do Brasil na modalidade.

 

E entre os próximos dias 18 e 22, tem início o Campeonato Brasileiro Júnior, na cidade de São Paulo, com a estreia do handebol feminino araraquarense em competições nacionais.

 

Para o técnico das duas equipes, Robison Francisco dos Santos, a expectativa para 2021 é a melhor possível. “Este é um ano recheado de estreias em campeonatos muito importantes. Além da Liga Nacional de Handebol Feminino, também teremos a estreia no Campeonato Brasileiro Júnior”, reitera Robison.

 

Com Daniela da Câmara Moreira como preparadora física do elenco, o treinador afirma que um dos objetivos é adquirir experiência nas duas competições, já que Araraquara irá enfrentar clubes muito fortes e tradicionais no País.

 

“Queremos crescer e projetar o nome de nossa cidade nas principais competições nacionais. O time júnior foi renovado e fortalecido e vem ganhando cada dia mais conjunto para enfrentar os desafios”, projeta.

 

Com um elenco de 25 atletas para os dois times, e média de idade de 19 anos, Robison dos Santos enfatiza que algumas atletas têm passagens por times importantes  e até pela Seleção Brasileira, como Jhennifer Alves, Tayná Krause e Amanda Stein.

 

Largada

Na estreia dessa temporada, o time júnior da Unicesumar/Sesi/ Fundesport jogará contra o Centro Olímpico, dirigido pelo técnico da Seleção Brasileira de base, Daniel Cubano.

 

Robison destaca o apoio do Poder Público municipal e de empresas da cidade para o handebol feminino.

 

“Sem o apoio irrestrito da Prefeitura, através da Fundesport, não conseguiríamos disputar todas essas competições de alto nível. Também agradecemos o apoio de nossos parceiros, Unicesumar, Charanguinha, Durapets, Escola Crer Para Ser, Handcola, Diogo Balisteri Fotografia e Midsport”, acrescenta.

 

Vale destacar que a equipe júnior conta com apoio de todas essas empresas citadas acima e também do Sesi.

 

registrado em: ,