Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2021 / AGOSTO / 17 / Após reformulação, Comitê "Novos Caminhos" faz reunião nesta quinta (19)

Social

Após reformulação, Comitê "Novos Caminhos" faz reunião nesta quinta (19)

Encontro acontece no Dia Nacional de Luta da População em Situação de Rua
Novos Caminhos 01 _ reuniao de 2020.jpeg

 

 

 

Nesta quinta-feira (19), às 9 horas, o auditório da Biblioteca Municipal "Mário de Andrade" receberá a primeira reunião do Comitê Intersetorial da Política Municipal para a População em Situação de Rua "Novos Caminhos", que é ligado à Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social e prevê a articulação entre as políticas públicas e a sociedade civil no atendimento à população de rua do município.

A data de 19 de agosto foi escolhida para a reunião por ser o Dia Nacional de Luta da População em Situação de Rua, em memória ao acontecimento conhecido como “Massacre da Sé”, em 2004, no qual sete pessoas foram assassinadas e oito ficaram gravemente feridas enquanto dormiam na região da Praça da Sé, na capital paulista. Tal fato desencadeou o início da mobilização de grupos da população em situação de rua para construir o Movimento Nacional da População de Rua, em uma contínua luta pela garantia de direitos.

Vale destacar que em 2021 foi instituída em Araraquara a Política Municipal da População em Situação de Rua, o que foi visto como um grande avanço para a área e gerou uma reformulação do Comitê, que passou a contar com novos representantes. Por isso, o encontro desta quinta contará com apresentação do Comitê, apresentação dos representantes e um breve histórico da comissão desde 2017, assim como a elaboração de um cronograma e de um plano de trabalho.

José Guilherme Cagnin, que é assistente técnico da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, representante do Comitê "Novos Caminhos" e secretário executivo do Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas (COMAD), destaca a importância do encontro. "As reuniões do Comitê são fundamentais por se tratarem de um espaço e instrumento de gestão intersetorial de caráter consultivo, propositivo e de monitoramento da Política Municipal da População em Situação de Rua no âmbito do município de Araraquara. Através deste Comitê, temos por finalidade possibilitar e auxiliar na implementação e monitoramento das políticas públicas voltadas à população em situação de rua, em todas as esferas da administração pública do município, a fim de garantir a promoção e proteção dos direitos humanos, assim como exercer a orientação normativa e consultiva sobre direitos humanos das pessoas em situação de rua", explica.

Segundo ele, a comissão visa também abranger outras temáticas relacionadas a esse público alvo. "O Comitê está à disposição para articulação de políticas públicas específicas para esta população, bem como para orientação acerca de eventuais denúncias de violência e discriminação", acrescenta Guilherme, que também é cientista social e mestrando em Planejamento e Análise de Políticas Públicas.

A reunião desta quinta também contará com representantes do poder público (Secretarias Municipais de Saúde, Assistência e Desenvolvimento Social, Educação, Direitos Humanos e Participação Popular, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Cooperação dos Assuntos de Segurança Pública, Desenvolvimento Urbano, Esportes e Lazer, e Cultura) e também da sociedade civil (Associação São Pio, Associação Sacrário de Amor, Grupo Viva, Associação Amigos da Vida - AAVIDA, Fundação Bento XVI, Casa de Apoio Caminhos de Luz e Organização Religiosa Jesus Cristo Sofredor).

registrado em: ,