Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2021 / DEZEMBRO / 07 / Edinho recebe jornalistas e fala sobre os desafios de Araraquara para o ‘pós-pandemia’

Comunicação

Edinho recebe jornalistas e fala sobre os desafios de Araraquara para o ‘pós-pandemia’

Geração de empregos, saúde, educação e manutenção da cidade estão entre as prioridades elencadas para o próximo período
foto03 Prefeito Edinho durante a agenda Café com a imprensa 7dez21 Tetê Viviani.jpg

 

 

 

 

O prefeito Edinho recebeu jornalistas de Araraquara nesta terça-feira (7), em mais uma edição do “Café com a Imprensa”, e abordou os principais desafios de Araraquara para este período de superação da pandemia da Covid-19, além de responder a perguntas dos profissionais dos veículos de comunicação.

 

Edinho lembrou que a Prefeitura investiu R$ 54,6 milhões no enfrentamento da pandemia em 2020 e R$ 88,3 milhões neste ano, até o início de dezembro, o que exigiu um remanejamento de orçamentos entre as secretarias para que recursos fossem utilizados na estrutura montada para salvar vidas — que, inclusive, recebeu reconhecimento nacional e internacional pela eficiência.

 

Com a melhoria no cenário da pandemia, proporcionada pela vacinação, Edinho planeja os próximos passos. “Estamos, com muito cuidado e cautela, saindo desse processo e visando a retomada das nossas atividades para 2022. Um dos nossos desafios principais é a educação, pois crianças e adolescentes sofreram muito na pandemia e parte das crianças foi excluída do processo educacional. Vamos lançar um programa de enfrentamento ao déficit educacional provocado pela pandemia. Outro desafio é enfrentar as filas de diagnósticos e cirurgias”, disse o prefeito também reforçando o programa para a saúde a ser lançado nos próximos dias.

 

O desenvolvimento econômico é outra área que está sendo fortalecida. “Precisamos fazer a roda da economia girar, atrair investimentos de impacto, aumentando nossa capacidade de produção e de geração de emprego e renda. Araraquara será palco de grandes investimentos econômicos.”

 

Recentemente, a cervejaria espanhola Estrella Galicia anunciou investimento de R$ 2 bilhões na construção, em Araraquara, de sua primeira fábrica fora da Espanha. Outros investimentos também devem ser anunciados em breve nesse setor da economia. “Araraquara deverá ser a maior produtora de cerveja do Brasil e do mundo”, adiantou Edinho.

 

Também existe o interesse da empresa WTorre de implantar na cidade o maior centro de eventos do interior do estado de São Paulo. “Araraquara é forte na agroindústria, no setor têxtil, no setor de alimentos, no setor metalúrgico. O PIB de Araraquara já é o maior PIB regional. E esse investimento da WTorre será uma mudança substancial. Nenhum setor cresce mais, atualmente, do que eventos e lazer. O setor de serviços gera muitos empregos”, destacou.

 

Edinho ainda lembrou que a Prefeitura de Araraquara possui 161 obras entregues, em andamento ou em fase de projeto e licitação, totalizando R$ 114 milhões em investimentos (a maior parte é formada por obras eleitas no Orçamento Participativo). Na Educação, são 12 obras entregues e 16 em andamento, com R$ 28 milhões em recursos. “É o poder público cumprindo o seu papel de investimentos no pós-pandemia”, ressaltou.

 

Segundo o prefeito, com o “Ilumina Araraquara”, o município também deverá ser o primeiro do Brasil, acima de 200 mil habitantes, a ter 100% de iluminação de LED nas vias públicas, praças e parques. “Devemos, até janeiro, estar com 80% da cidade com iluminação LED. Isso significa melhoria na iluminação e redução de custos, pois o LED consome menos energia elétrica que as lâmpadas de vapor de sódio”, explicou Edinho.

 

Outro desafio elencado por Edinho para 2022 é a retomada de contratos para a manutenção da cidade, como recapeamento e tapa-buracos, serviços que foram prejudicados neste ano em razão do remanejamento de recursos para o enfrentamento da pandemia.

 

Também participaram do "Café com a Imprensa" as secretárias Priscila Luiz (Comunicação), Eliana Honain (Saúde) e Juliana Agatte (Governo, Planejamento e Finanças), os secretários Adriano Altieri (Administração) e Sérgio Pelícolla (Obras e Serviços Públicos) e o coordenador de Obras Públicas, Ernesto Velosa.

registrado em: ,