Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2021 / Junho / 02 / Nota - É papel do Estado garantir uma escola acolhedora

Educação

Nota - É papel do Estado garantir uma escola acolhedora

_MG_3302.jpg

 

 

A Prefeitura de Araraquara lamenta a manipulação de dados que circulam nas redes sociais buscando fazer uma co-relação entre casos positivados em crianças e adolescentes com as escolas abertas.

Vale lembrar que tanto a Rede Municipal da Educação, como a estadual e particular, após mais de um ano fechadas, retomaram atendimento presencial em 12 de abril de 2021, juntamente a outros segmentos sociais e econômicos, tais como lojas de shopping, comércio, igrejas, salões de beleza, restaurantes e bares. Para que tudo isso voltasse a funcionar, para que a cidade voltasse a funcionar, foi estabelecido um pacto social, associado à ampla testagem e capacidade de rastreio de comunicantes e positivados. E a Prefeitura tem atuado de forma incisiva nessas ações.

Vale dizer ainda que nesse período de menos de dois meses de escolas com atendimento presencial, parcial, gradual e não obrigatório, tanto os profissionais como os alunos passaram e passam rigorosamente por testagem em massa. O universo de positivados até agora foi de 1%, infinitamente menor daquele observado na sociedade em geral que já chega a mais de 15%. Portanto, não é correto afirmar que é nas escolas que professores, profissionais e alunos estão se infectando. Fazer essa relação é buscar a todo custo inviabilizar o direito ao acesso à educação de muitas crianças e adolescentes que, infelizmente, por questões estruturais e, principalmente, familiares, não têm condições de acompanhamento da chamada aula remota. Destaca-se aqui que, segundo levantamento da Secretaria da Educação, 23% dos atendidos pela Rede Municipal não responderam qualquer estímulo (digital ou cartilhas impressas) educativo em 2020.

É papel do Estado garantir uma escola acolhedora. É papel da Prefeitura garantir o direito da aprendizagem a quem já tanto perdeu em mais de um ano fora dos bancos da escola. Um hiato na vida de crianças e adolescentes que, se não intervirmos, pode ser irreversível.

 

registrado em: ,