Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2021 / Junho / 18 / Boletim Diário do Comitê de Contingência do Coronavírus - nº 460 - de 18 de junho de 2021

Saúde

Boletim Diário do Comitê de Contingência do Coronavírus - nº 460 - de 18 de junho de 2021

boletim 18.jpg

 

O Comitê de Contingência do Coronavírus Araraquara, instituído por decreto municipal, se reuniu nesta sexta-feira, dia 18 de junho de 2021, para novas deliberações sobre as medidas de combate à transmissão da Covid-19.

 

A Prefeitura de Araraquara publicou nos atos oficiais de hoje o decreto municipal nº 12.600, de 17 de junho de 2021, que dispõe sobre a implementação de medidas restritivas, de caráter excepcional e temporário, voltadas à contenção da disseminação da COVID-19 no Município, produzindo efeitos entre as 12h deste domingo, dia 20, até as 23h59 do domingo seguinte, dia 27 de junho.

 

As medidas mais restritivas estão sendo adotadas após três dias consecutivos de alerta máximo na testagem geral, com positivação acima de 20% de todos os pacientes testados nos dias 15, 16 e 17 de junho.

 

Nos dias e horários em que as medidas restritivas estiverem em vigor, só será permitido sair de casa e circular pela cidade em situações de urgência ou emergência ou para trabalhar ou utilizar um serviço que estiver funcionando normalmente. O transporte público também será suspenso durante os dias de vigência do decreto.

 

Somente será permitido o funcionamento presencial de serviços considerados essenciais, especificados no documento. Também estão especificadas no novo decreto municipal todas as regras para funcionamento das atividades econômicas.

 

A entrada de pessoas não residentes em Araraquara somente será admitida mediante passagem por barreira sanitária, na qual deverão apresentar laudo de teste negativo para a Covid-19, emitido em prazo inferior a 48 horas, ou comprovante de vacinação para a doença, observados no mínimo 15 dias da aplicação da 2ª dose.

 

O objetivo das medidas restritivas neste período de aumento do número de casos de Covid-19 no município é reduzir a transmissão da doença e evitar que o sistema de saúde entre em colapso.

 

O isolamento social e a vacina são as únicas armas disponíveis hoje para o controle da pandemia. Levando em conta o plano de imunização do governo estadual que está em andamento, o Comitê está considerando que, até início de julho, o município já terá vacinado mais de 50% da população adulta com a primeira dose. Portanto, as novas restrições são importantes para que se ganhe tempo até lá.

 

O cronograma municipal de imunização vai continuar sendo cumprido no decorrer da semana. Hoje, começou a vacinação da faixa etária de 56 e 55 anos. Amanhã, sábado, será realizado o dia D de Vacinação, das 8 às 16 horas, com vacinação das pessoas de 54 anos ou mais e também dos faltosos da primeira e segunda doses, além da vacina contra a Influenza.

 

Também amanhã será realizado o Dia D da Solidariedade, quando as pessoas que forem se vacinar poderão colaborar com a Rede de Solidariedade, doando um quilo de alimento não perecível, itens de limpeza e higiene pessoal ou agasalhos e cobertores para a Campanha do Agasalho 2021.

 

Semana que vem, na segunda-feira, serão vacinadas pessoas com 53 e 52 anos, e na terça, 51 e 50 anos. E a imunização vai continuar. Com base nas doses de vacinas entregues pelo Departamento Regional de Saúde (DRS - Araraquara), órgão do governo estadual, a Comissão de Organização da Vacinação contra a Covid-19 vai elaborar e divulgar novo cronograma municipal.

 

Araraquara aplicou, até o momento, 116.862 doses, sendo 78.658 da primeira dose e 38.204 da segunda dose.

 

E a população não pode relaxar agora. É fundamental manter as medidas as sanitárias, evitando aglomeração, usando máscara corretamente em espaços públicos e respeitando a restrição noturna de circulação. A força-tarefa da Prefeitura está nas ruas fiscalizando e cobrando o cumprimento das regras e normas previstas no decreto municipal.

 

Situação epidemiológica

 

Araraquara registrou nesta sexta-feira mais 145 casos positivos de Coronavírus, o equivalente a 20,05% de 723 amostras analisadas nos serviços públicos e privados de saúde e nos setores econômicos e sociais do município, ou seja, sintomáticos e também assintomáticos testados na busca ativa. Considerando apenas os sintomáticos que procuraram os serviços de saúde, esse percentual sobe para 22,29% de 646 amostras, sendo, destas, 144 positivados.

 

Araraquara soma, portanto, 24.216 casos confirmados de Covid-19.

 

Do total de confirmados, 1.025 permanecem em quarentena e 22.704 já saíram. Aguardam resultado de exames 661 amostras.

 

Em relação às testagens realizadas nos setores econômicos e sociais do município, foram aplicados no dia 17 de junho, 77 testes, em 7 estabelecimentos, sendo 1 positivado no setor de serviços.

 

Hoje, 211 pacientes estão internados. Destes, 114 casos estão em enfermaria, sendo 1 suspeito e 113 confirmados, e 97 estão em UTI; 1 suspeito 96 confirmados.

 

Com relação às internações nos serviços hospitalares que disponibilizam leitos para Covid-19 (públicos e privados), a cidade conta hoje com uma taxa de ocupação de 71% de leitos de enfermaria e 86% de UTI.

 

Hoje, a Santa Casa de Araraquara tem 13 pacientes internados com Covid-19, o Hospital São Paulo tem 45 pacientes, o Hospital São Francisco tem 35 pacientes, o Hospital de Campanha tem 56 pacientes, o HEAB (Hospital Estadual de Américo Brasiliense) tem 45 pacientes e a Unidade de Retaguarda do Melhado tem 17 pacientes.

 

Do total de 211 internados, 114 são moradores de Araraquara e 97 são de outros municípios e foram transferidos para hospitais da cidade, sendo que 48 estão em enfermaria e 49 estão em UTI.

 

Os 97 pacientes de outros municípios residem em Américo Brasiliense (8), Barra Bonita (3), Boa Esperança do Sul (4), Bocaina (1), Borborema (4), Capivari (3), Costa Rica - Mato Grosso do Sul (1), Curupá (1), Descalvado (1), Dourado (1), Franca (1), Gavião Peixoto (11), Guariba (1), Ibaté (4), Ibitinga (3), Itápolis (5), Itaporanga (1), Limeira (1), Matão (4), Morro Agudo (1), Motuca (1), Piracicaba (4), Porto Ferreira (3), Ribeirão Bonito (1), Rincão (5), Santa Cruz das Palmeiras (2), Santa Lúcia (1), São Carlos (15), São José do Rio Preto (1), Tabatinga (3), Taquaritinga (1) e Vargem Grande do Sul (1).

 

Araraquara registrou, até o momento, 487 óbitos decorrentes de Covid-19. Os 4 óbitos registrados nas últimas 24 horas são:

 

Homem de 52 anos, com comorbidade, internado em hospital da rede pública desde o dia 10 de junho.

 

Homem de 40 anos, sem comorbidade, internado em hospital da rede privada desde o dia 31 de maio.

 

Mulher de 49 anos, com comorbidade, internada em hospital da rede privada desde o dia 12 de junho.

 

Homem de 87 anos, com comorbidade, que faleceu em sua residência no dia 11 de junho.

 

Todos os positivados, assim como seus comunicantes, estão sendo monitorados pelas equipes da Secretaria Municipal da Saúde. O objetivo é orientar e cobrar o cumprimento da quarentena.

 

Os dados sobre os bairros com casos confirmados e o perfil dos positivados podem ser consultados em link disponibilizado pela Prefeitura, em parceria com o grupo Urbie, Grupo de Inovação e Extensão em Engenharia Urbana da Ufscar. (https://arcg.is/neO5H).

 

As informações oficiais sobre o enfrentamento do Coronavírus no município estão no site www.araraquara.sp.gov.br e nas redes sociais da Prefeitura de Araraquara.

 

registrado em: , , ,