Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2022 / Agosto / 19 / UFSCar entrega Plano de Mobilidade Urbana do Município de Araraquara para a Prefeitura

Urbano

UFSCar entrega Plano de Mobilidade Urbana do Município de Araraquara para a Prefeitura

Professores do Departamento de Engenharia Civil da universidade apresentaram o plano ao vice-prefeito, Damiano Neto, e a secretários nesta sexta-feira (19); trabalho completo está disponível no site da Prefeitura
foto01 Professores da UFSCar entregam Plano de Mobilidade Urbana do Município de Araraquara à Prefeitura 19ago22 Celso Luís Gallo.jpg

 

 

Professores do Departamento de Engenharia Civil e do Programa de Pós-graduação em Engenharia Urbana da UFSCar (Universidade Federal de São Carlos) estiveram na Prefeitura nesta sexta-feira (19) e entregaram oficialmente o Plano de Mobilidade Urbana do Município de Araraquara.

Receberam o plano o vice-prefeito e secretário do Trabalho, Desenvolvimento Econômico e Turismo, Damiano Neto, representando o prefeito Edinho, além de secretários municipais e gestores.

Dividido em dois volumes (MobiliDADOS e MobiliAÇÕES), o plano municipal está disponível para visualização na íntegra no site da Prefeitura (www.araraquara.sp.gov.br), com chamada na home do portal.

O documento prevê o planejamento na área da mobilidade urbana para os próximos dez anos, relativo a transporte por ônibus, táxi, aplicativos de transporte, carga e descarga, segurança dos pedestres, deslocamento a pé, áreas de tráfego calmo, entre outros pontos. O projeto atualiza e revisa o Plano de Transporte e Mobilidade de Araraquara de 2008.

A entrega do Plano de Mobilidade Urbana foi realizada por docentes e coordenadores do projeto: Edson Melanda (coordenador do projeto e da área de Geoprocessamento), Luciana Gonçalves (coordenadora da área de Urbanismo), Rochele Ribeiro (coordenadora de Mobilidade) e Thais Guerreiro (coordenadora da área de Transportes).

“Esse plano, constituído pela universidade com os professores e alunos, é muito importante para a cidade de Araraquara para que ela tenha um planejamento pelos próximos dez anos. Agradeço a toda a equipe da universidade e da Prefeitura envolvida nesse processo”, disse o vice-prefeito e secretário do Trabalho, Desenvolvimento Econômico e Turismo, Damiano Neto.

O secretário de Trânsito, Transporte e Mobilidade Urbana, Nilson Carneiro, destacou que o Plano de Mobilidade Urbana é um instrumento para orientar o crescimento da cidade, junto com o Plano Diretor. “Ele faz um diagnóstico de como a população se movimenta: de carro, a pé, de ônibus, de bicicleta. A partir de todas essas informações, ele tenta equacionar a melhor forma de organizar a cidade. Com esse plano, Araraquara pode nortear a nossa administração e as futuras administrações que vierem”, declarou.

A secretária de Desenvolvimento Urbano, Sálua Kairuz, ressalta que o Plano de Mobilidade Urbana é um instrumento de planejamento para o município. “Ele dá subsídio para outros planos, como o Plano Diretor, e aponta quais os projetos em que o município tem que investir para adequar o trânsito e o transporte da cidade para os objetivos que estão no plano”, explicou.

Luciana Gonçalves, uma das coordenadoras do plano, afirmou que a realização do projeto foi um desafio, pois coincidiu com o período da pandemia. “Houve uma mudança muito grande no comportamento das pessoas [na pandemia]. A gente estava mapeando esse ir e vir sobre a cidade. Tivemos que fazer algumas adaptações na metodologia. Foi um trabalho muito importante de levantamento desse comportamento de origem-destino e conhecendo melhor as demandas da cidade. Para fins de planejamento, acredito que o grande avanço que esse plano teve foi a proposta cicloviária. Os planos anteriores não incluíram nada de ciclovias, e a gente fez uma parte bem detalhada de ciclovias, ciclofaixas, ciclorrotas, culminando com o planejamento das vias. Esse foi o maior avanço que o plano teve”, relatou Luciana.

Edson Melanda, também coordenador do projeto, destaca que a UFSCar cumpre seu papel de colaborar com a comunidade. “Uma das missões da universidade é transferir o conhecimento que a gente tem lá para a população, para melhorar a qualidade da cidade. No caso de Araraquara, coletamos informações de diversas fontes e fizemos um tratamento desses dados que refletem a realidade da cidade. Para nós, da universidade, é uma oportunidade de transferir esse conhecimento que a gente tem”, analisou.

O ato de entrega do plano também contou com a presença do gestor de unidade Milton Rodrigues Júnior, da Secretaria de Trânsito, Transporte e Mobilidade Urbana.

A elaboração do plano atendeu à Lei Federal nº 12.587, de 3 de janeiro de 2012, e à Medida Provisória nº 748, de 11 de outubro de 2016, sendo obrigatório nos municípios com mais de 20 mil habitantes. O valor do contrato assinado com a UFSCar em maio de 2020, para a elaboração do trabalho, foi de R$ 597,8 mil, mas o valor foi reduzido com a pandemia, passando para R$ 526,8 mil.

registrado em: ,