Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2022 / Fevereiro / 23 / Nova ala do Núcleo Geral Ambulatorial está na fase de cobertura

Obras

Nova ala do Núcleo Geral Ambulatorial está na fase de cobertura

foto02 Nova ala edificada, ao lado da Rua Hélio Morganti, é coberta para abrigar sede do NGA3 23fev22 Tetê Viviani.jpg

 

 

 

 

Totalmente lajotada, a nova ala da futura sede do Núcleo Geral Ambulatorial (NGA3), ao lado da Rua Hélio Morganti, no bairro Quitandinha, na zona oeste de Araraquara, está parcialmente coberta com telhas galvanizadas.

 

Nesta quarta-feira (23), os pedreiros da construtora Araplan Engenharia ergueram as paredes que abrigará o Ambulatório Trans, anexo ao NGA3, na parte dos fundos, do antigo barracão do Cepar (Centro de Educação Profissionalizante de Araraquara).

 

O reservatório de água com capacidade de 40 mil litros foi instalado na área ampliada e que abrigará sala de apoio aos funcionários, sala de dispensação de medicamentos, lavanderia, refeitório, vestiários, sanitários e instalações da rede do servidor de tecnologia da informação.

 

Outras frentes de trabalho atuam na área de 20 mil metros quadrados com serviços de rede hidráulica, edificações de muros e na armadura de ferragens. Juntos, os dois novos equipamentos somam 2.600 metros quadrados de área ampliada e adequada. O galpão antigo terá diversas melhorias, inclusive com revisão na cobertura.

 

A moderna sede do NGA3 e Ambulatório Trans terá 29 consultórios, sendo 20 padronizados, cinco indiferenciados e 4 diferenciados. Haverá ainda sala de cirurgias, escovação, vestiários masculino e feminino. Salas de esterilização, expurgo, ultrassonografia (duas), depósito de rouparia e higienização. Posto de enfermagem (dois), salas de inalação, fisioterapia respiratória, agendamento de consultas e pós-consultas (duas) e farmácia.

 

O projeto ainda contempla recepção com pré-atendimento e sala de espera e vaga para ambulância. Na área externa haverá paisagismo com plantio de grama, arborização e abrigos para lixo de resíduos biológicos, resíduos comuns e materiais recicláveis.

 

Investimento

O investimento de R$ 5,2 milhões é oriundo do Finisa (Programa de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento), em contrato firmado entre a Prefeitura e a Caixa Econômica Federal. O prazo previsto para a entrega da obra, que foi proposta eleita em plenária do Orçamento Participativo (OP)), é o segundo semestre de 2022.

registrado em: ,