Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2022 / Janeiro / 06 / Prefeitura vai reabrir Hospital de Campanha como Centro de Referência de Testagem para Covid-19

Notícias

Prefeitura vai reabrir Hospital de Campanha como Centro de Referência de Testagem para Covid-19

Prefeito Edinho defende a testagem em massa da população como estratégia de enfrentamento à curva ascendente de contaminações registrada nesta última semana
59379948-c88a-4a07-8a76-314656d4af6c.jfif

 

O prefeito Edinho anunciou, nesta quinta-feira (6), a reabertura do Hospital de Campanha, o Hospital de Solidariedade, como Centro de Referência de Testagem para Covid-19.  A unidade vai reforçar a estrutura de testagem em massa da população, como estratégia de enfrentamento ao número elevado de contaminações registrado nesta última semana.

Edinho esteve no local, acompanhado da secretária municipal Eliana Honain e demais integrantes da equipe da Saúde, para vistoriar as dependências do hospital, que permanecia desativado havia cerca de dois meses. A intenção é realizar algumas adequações durante este fim de semana, para que o centro de testagem possa começar a atender já na semana que vem.

O Hospital de Campanha foi criado logo no início da pandemia, em março de 2020. Em menos de 50 dias, em 20 de maio de 2020, já recebia os primeiros pacientes. Permaneceu em funcionamento até 19 de novembro de 2021, quando, com a situação epidemiológica controlada, os últimos pacientes receberam alta e os atendimentos de Covid-19 passaram a ser feitos na Unidade de Retaguarda do Melhado.

Desde então, o hospital de campanha ficou em ‘stand-by’ para ser utilizado quando necessário, de acordo com a situação da pandemia.

Com o aumento expressivo da demanda por testagem e por atendimento médico, decorrente da chegada da variante Ômicron no município e das festas de fim de ano, a Prefeitura está tomando medidas efetivas para agilizar o diagnóstico dos sintomáticos gripais e também assintomáticos que buscam testes para Covid-19.

O objetivo é montar essa nova estrutura, inédita na região, para focar principalmente nos assintomáticos, que hoje contam com testagem na praça Santa Cruz e no Terminal Central de Integração (TCI). Dessa forma será possível atender melhor e realizar a triagem dessas pessoas que buscam testes por terem tido contato com alguém já positivado ou por também estarem com algum sintoma gripal.

O anúncio do Centro de Referência de Testagem para Covid-19 foi feito pelo prefeito Edinho em suas redes sociais, durante sua visita ao local. “Nós fechamos este Hospital de Campanha quando as internações caíram muito, felizmente, mas nunca desmontamos esta estrutura, porque sabíamos que uma pandemia como essa que o mundo está enfrentando sempre pode trazer surpresas. A variante ômicron chegou, tudo indica que as pessoas adoecem menos, mas o fato é que a curva de contaminações está ascendente, muito forte. Nossas unidades, mesmo com as ampliações que já fizemos, estão sobrecarregadas.

Assim como os pontos de testagem na Santa Cruz e no Terminal de Integração. Diante desse quadro, estamos fazendo reuniões constantes e depois de muitas avaliações, decidimos reabrir aqui o Hospital de Campanha como uma grande central de exames. É preciso fazer alguns ajustes nos próximos dias e reabrir com uma estrutura de testagem que nenhuma outra cidade da região possui. Desde o início a pandemia, Araraquara investe no enfrentamento da doença e essa é mais uma ação importante nesse sentido”, destacou o prefeito Edinho.   Edinho voltou a defender a testagem em massa da população como forma de diagnosticar rápido os positivados e seus comunicantes, fazer monitoramento em isolamento e oferecer assistência médica.

“Não há outra forma de enxergar o vírus se não for pelo teste. Araraquara de novo vai investir muito e criar uma estrutura à altura do desafio que estamos vivendo. Para que possamos, juntamente com os profissionais da saúde, que merecem todo o nosso respeito e valorização, vencer mais esse desafio. São esses profissionais que estão dobrando carga de trabalho para dar conta desse momento. E a Prefeitura está trabalhando muito, ampliando toda a sua estrutura para continuar cuidando da saúde da população. Peço paciência e também pelo seu apoio: evite andar sem máscara, continue higienizando as mãos e evite aglomerações desnecessárias. Nós vamos continuar seguindo a ciência, como estamos fazendo desde o início da pandemia. Toda medida que tomamos segue a medicina, sempre com responsabilidade. Quando o momento exigir medidas duras, nós vamos adotar as medidas necessárias. Hoje não é necessário, porque temos 7 pessoas internadas e a estrutura hospitalar que temos é suficiente, sem risco de colapso. Hoje, o necessário é usar máscara, higienizar as mãos e evitar aglomerações desnecessárias. Até agora nós salvamos vidas, tiramos a cidade dos piores momentos e vamos continuar trabalhando muito para isso”, concluiu o prefeito Edinho.

Desde o início da pandemia, Araraquara mantém uma taxa de testagem, por 100 mil habitantes, bem superior às taxas de testagem do estado de São Paulo e também do Brasil.

Foram realizados, desde o início da pandemia, de acordo com o último balanço de atendimentos divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde no início desta semana, um total de 295.877 testes. Isso representa uma taxa de 125.333/100 mil habitantes.

A taxa de São Paulo é de 47.488/100 mil habitantes e a taxa nacional é de 29.706/100 mil habitantes.

 

 

registrado em: ,