Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2022 / Janeiro / 13 / "Educa Mais Araraquara” utiliza a tecnologia para fortalecer a aprendizagem

Notícias

"Educa Mais Araraquara” utiliza a tecnologia para fortalecer a aprendizagem

Computadores, notebooks, tablets e TVs foram adquiridos pela Prefeitura para o programa que visa reduzir o déficit educacional causado pela pandemia
Prefeitura adquiriu mais de 1400 computadores para as escolas municipais.jpg

 

 

A tecnologia é um dos recursos utilizados pelo “Educa Mais Araraquara”, programa que foi lançado em dezembro pela Prefeitura de Araraquara, por meio da Secretaria Municipal da Educação, com objetivo de reduzir o déficit educacional causado pelo período mais crítico da pandemia da Covid-19. O programa visa garantir um conjunto de ações voltadas às aprendizagens e ao desenvolvimento educacional dos alunos da rede municipal, englobando a Educação Infantil, o Ensino Fundamental e a EJA (Educação de Jovens e Adultos).

 

Entre as ferramentas utilizadas para fortalecer o programa estão 1.400 computadores que serão instalados em cada uma das unidades escolares como EMEF (Escola Municipal de Ensino Fundamental), CER (Centro de Educação e Recreação), Centros de Educação Integral, NEJA (Núcleo de Educação de Jovens e Adultos) e CAEE (Centro de Atendimento Educacional Especializado). Esse equipamento também será utilizado em secretarias, laboratórios e unidades do Portal do Saber, projeto que reúne um vasto acervo literário e incentiva a prática da leitura.

 

Além disso, foram adquiridos 1.419 notebooks para os professores e equipes diretivas, além de 832 tablets, que irão para as EMEFs. Além desses, estão em processo de locação 3.200 tablets para o programa de reforço e aceleração da aprendizagem destinados aos estudantes dos anos finais do ensino fundamental. Para completar, a Secretaria da Educação adquiriu também 329 Smart TVs para todas as salas de aula das EMEFs, NEJA, Centros de Educação e CAEE.

 

Vale destacar que essa modernização na estrutura de ensino da rede municipal de Araraquara já era planejada antes mesmo da pandemia, visto que já se fazia necessária uma troca dos computadores utilizados nas unidades escolares. Além disso, a Secretaria da Educação já estudava implantar ferramentas tecnológicas e digitais capazes de acompanhar as tendências em termos de conteúdo e acesso e assim proporcionar uma inovação nos processos de ensino e aprendizagem. A pandemia reafirmou a premente necessidade de escolas mais conectadas e preparadas para o uso pedagógico e cotidiano da tecnologia digital. A conectividade, aliás, é um dos pontos fundamentais do programa “Educa Mais Araraquara”, pois os estudantes contarão com mais recursos digitais e possibilidade de aulas mais interativas e dinâmicas, incluindo a possibilidade do uso dos tablets com pacotes de dados que propicie realizar as tarefas, projetos investigativos e pesquisas escolares a partir da disponibilização de programas, jogos, softwares, aplicativos e conteúdos digitais.

 

Márcia Ferreira de Castro, gerente de Tecnologias da Educação, Mídias, Conteúdo e Inclusão Digital da Secretaria da Educação, aponta que atualmente os recursos tecnológicos têm ganhado um espaço significativo no processo de ensino e aprendizagem. "Vários estudos mostram que computadores e tablets, quando utilizados de forma contextualizada e planejada, são ferramentas que enriquecem o processo educativo, na medida em que ampliam a noção de mundo, possibilitam o uso de ambientes virtuais, desenvolvem habilidades e competências e estimulam a curiosidade dos estudantes", explica.

 

Ela destaca que a educação também passa por uma mudança de perspectivas importante com a BNCC [Base Nacional Comum Curricular], que requer novas concepções metodológicas que envolvem também a utilização de ferramentas tecnológicas para complementar as práticas pedagógicas. "Com a BNCC, temos o desafio de buscar novas metodologias de ensino, chamadas metodologias ativas, e a questão do ensino híbrido, independente da pandemia. São metodologias que pressupõem o uso de tecnologias digitais também, para que esse aluno seja mais protagonista do seu desenvolvimento educativo. O uso dessas metodologias inovadoras de educação não é uma coisa só nossa, da rede municipal de educação, mas sim do mundo todo nos dias de hoje. É uma mudança de perspectiva e quase uma mudança de paradigma dentro da educação, que é a questão do aluno no centro do processo educativo, e as ferramentas tecnológicas são fundamentais para isso", acrescenta Márcia.

 

O programa

 

Entre as ações previstas no “Educa Mais Araraquara” estão a realização de aulas aos sábados para garantir as aprendizagens essenciais em Língua Portuguesa e Matemática aos estudantes dos anos iniciais do Ensino Fundamental; a contratação de professores com foco na alfabetização, incluindo a de estudantes adultos; aulas de reforço e recuperação em Língua Portuguesa e Matemática em turnos estendidos; ações para incentivo do estudo e de pesquisas em casa; ações para ampliar a fluência leitora e a leitura literária; mais proximidade entre a escola e a família; formação continuada para professores e educadores; novos computadores para escolas municipais e laptops para professores aprimorarem suas aulas e seus estudos; e incentivo às práticas de leitura, contação de histórias e do cantar para todas as etapas da Educação Infantil.

 

 

 

 

registrado em: ,