Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2022 / Julho / 26 / Jovens do Centro de Referência do Autismo visitam Expo 2022 em Bebedouro

Saúde

Jovens do Centro de Referência do Autismo visitam Expo 2022 em Bebedouro

Trabalho tem o objetivo de promover a sociabilidade das crianças e adolescentes atendidos pela unidade
Jovens do Centro de Referência do Autismo visitam Expo 2022 em Bebedouro - Foto Divulgação 02.jpg






Esta terça-feira (26) foi um dia especial para cinco jovens atendidos pelo Centro Municipal de Referência do Autismo "Aldo Pavão Júnior", que participaram de uma visita à Coopercitrus Expo 2022, feira de produtores rurais realizada entre os dias 25 a 29 de julho no município de Bebedouro-SP.

A coordenadora do Centro de Referência do Autismo, Karina Maia, agradeceu o convite de Helaine Oliveira, do Projeto Criança no Agro, que conseguiu alimentação e recebeu os participantes na visita que contou com a orientação da psicóloga Estela Zavanella e das terapeutas ocupacionais Adriana Argenton e Luiza Fernandes. A Prefeitura de Araraquara colaborou com o transporte de ida e volta dos jovens.

Para Karina, o intuito do passeio foi trabalhar a interação social e também a autonomia e a independência, além de motivar os jovens a interagirem com seus pares e experimentarem novas vivências. "Esse trabalho tem sido feito constantemente, para treinamento de habilidades sociais, para que eles se acostumem com locais movimentados e para que possamos trabalhar atividades de vida prática e para que eles se socializem entre eles. A alegria deles foi notada em seus olhos. Foi uma experiência muito bacana e positiva", avaliou Karina, que também agradece aos pais e responsáveis que confiaram no trabalho e permitiram a participação dos jovens na atividade.

Estela Zavanella destacou que após dois anos de pandemia, que impuseram medidas de restrições de socialização e de interação social, a atividade desta terça possibilitou e oportunizou espaços de ampliação das perspectivas de atuação e participação dos jovens. "Espaços e atividades como essa permitem, não só àqueles diretamente envolvidos como toda a sociedade civil, romper com estigmas e preconceitos acerca do transtorno do espectro autista. Além disso, a participação na Expo 22 fortaleceu ainda mais os vínculos entre a equipe multidisciplinar 
— formada por psicólogas, fonoaudiólogos e terapeutas ocupacionais e outros — com os pacientes atendidos pelo serviço público. Uma experiência única e enriquecedora que certamente abrirá portas para inúmeras outras parcerias", salientou a psicóloga.

Um olhar para o autismo

O Centro de Referência do Autismo “Aldo Pavão Júnior” foi inaugurado em 2020 pela Prefeitura de Araraquara como um dos primeiros centros de referência do autismo públicos do estado de São Paulo. Sua proposta é assegurar um novo modelo para atendimento integrado e multidisciplinar aos autistas de Araraquara e da microrregião. A unidade especializada foi um compromisso firmado com entidades ligadas ao tema. É resultado do projeto elaborado pelo grupo de trabalho instituído pelo prefeito Edinho em abril de 2017, reunindo representantes das secretarias municipais de Saúde, Assistência e Desenvolvimento Social, Educação, e Planejamento e Participação Popular, além da sociedade civil organizada.

Além do Centro de Referência do Autismo, Araraquara também é pioneira na iniciativa de criar, em abril de 2021, a Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro do Autismo, que visa garantir atenção integral, pronto atendimento e prioridade no acolhimento e no acesso aos serviços públicos e privados, em especial nas áreas de saúde, educação e assistência social.

Em 2022, a Prefeitura lançou também a Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro do Autismo e a cartilha “Autismo e Isolamento Durante a Pandemia”, elaborada pela Coordenadoria de Direitos Humanos em parceria com o Centro Municipal de Referência do Autismo, com o objetivo de oferecer subsídios às famílias das crianças com TEA no período de isolamento social, buscando instrumentalizar as famílias para que elas consigam implementar uma rotina de atividades terapêuticas dentro de casa. O e-book da cartilha pode ser acessado neste link: http://www.araraquara.sp.gov.br/noticias/2021/abril/23/EBOOKAUTISMOEISOLAMENTODURANTEAPANDEMIA_abril.pdf

 

registrado em: ,