Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2022 / Março / 18 / Cachorra resgatada após abandono na mata volta para casa com verdadeiro tutor

Notícias

Cachorra resgatada após abandono na mata volta para casa com verdadeiro tutor

Cachorra Porvinha tinha fugido de casa, foi “adotada” e abandonada por um casal; quase um mês depois, tutor a identifica nas fotos divulgadas na mídia
Foto 2 Porvinha e o tutor_ 18-03.jpg

 

 

 

O caso da cachorrinha abandonada por um casal, no início desta semana, numa mata próxima à rodovia SP 255, e resgatada por integrantes da Guarda Civil Municipal (GCM), teve final feliz na tarde desta sexta-feira (18).

 

O seu tutor, Michael Antônio Cândido, morador do Parque São Paulo, de quem ela escapou antes de ser “adotada” e abandonada pelo casal na mata, reconheceu seu pet nas fotos divulgadas na imprensa e procurou a Coordenadoria de Bem-Estar Animal da Prefeitura para resgatá-la.

 

Segundo ele, a cachorrinha se chama Porvinha, tem um ano e quatro meses e fugiu de casa, no Parque São Paulo, próximo à rodovia Abdo Najm, no último dia 17 de fevereiro.

 

“Depois disso, não tivemos mais notícias. Há uns três dias, eu reconheci ela nas fotos na imprensa, liguei lá no Pinheirinho e me informaram onde ela estava abrigada. Hoje consegui encontrar minha cachorra e estou muito feliz”, conta o tutor, que resgatou Porvinha na Clínica Siciliano, parceira da Prefeitura, no Jardim Brasília, para onde ela foi levada após o resgate na mata.

 

A coordenadora de Bem-Estar Animal da Prefeitura, Carol Mattos Galvão, conta que assim que foram acionados pela GCM, eles resgataram a cachorra e a encaminharam para uma clínica. Ela tinha sinais de exaustão e desidratação, recebeu todos os atendimentos veterinários, ela foi castrada, vacinada e chipada. “Estava disponível para adoção, mas foi encontrada pelo seu tutor. Agora está bem e de volta a sua casa. Melhor desfecho, impossível", comemora Carol.

 

Entenda o caso

   

Na última segunda-feira, Porvinha foi abandonada por um casal na Rua Walter Rodrigues Mourão, na segunda-feira (14), por volta das 13 horas. Ela foi amarrada em um tronco de árvore em uma mata próximo à Rodovia SP 255 e lá permaneceu toda a noite, até a manhã de terça (15), quando foi encontrada por pessoas que chamaram a Guarda Civil Municipal. Os agentes chegaram ao local, desamarraram a cachorra e acionaram a Coordenadoria de Bem-Estar Animal, que fez o recolhimento e encaminhou para atendimento veterinário.
Logo depois, o setor de inteligência da GCM, através da busca de imagens das Câmeras Cidadãs instaladas na região do Jardim das Gaivotas, conseguiu encontrar o momento em que o casal abandonou o cachorro na mata e encaminhou as imagens para a Polícia Civil, para a identificação da autoria do delito de maus tratos contra o animal.

O setor de inteligência ainda colocou o telefone 153, da GCM, à disposição para o caso de alguém reconhecer as pessoas da imagem.

 
Adote um animal de estimação

Amanhã, sábado (19), a Prefeitura realizará uma Campanha de Adoção de Animais. A ação será realizada das 9h30 às 13 horas no Centro de Adoção Permanente Cão Gabriel, localizado no Parque Infantil. No momento, aproximadamente 550 animais estão disponíveis para adoção em Araraquara, aguardando uma chance de ter um espaço onde possam receber e também doar amor e carinho.

Para adotar um animal, o interessado deve procurar a Prefeitura de Araraquara, por meio da Coordenadoria de Bem-estar Animal. O interessado passará por uma entrevista, onde será advertido de todas as responsabilidades e cuidados com relação ao animal. Os animais são todos saudáveis, castrados, chipados, vacinados ou em processo de vacinação.

As fotos dos animais podem ser conferidas na página "Bem-estar Animal Araraquara" no Facebook. Para mais informações, é possível agendar horário para conhecê-los através do telefone (16) 3339-4441, das 7h30 às 14h30. Lembrando ainda que há outros animais acolhidos pela Prefeitura no Canil Siciliano, que também podem receber visitas agendadas através do Whatsapp (16) 98877-7604.

 

 

registrado em: