Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2022 / Novembro / 07 / Araraquarenses avaliam participação no Seminário Nacional de Enfrentamento ao Racismo e Violência Racial

Notícias

Araraquarenses avaliam participação no Seminário Nacional de Enfrentamento ao Racismo e Violência Racial

Coordenadoras da Prefeitura ministraram palestras no evento realizado no último final de semana em Piracicaba
Araraquarenses avaliam participação no Seminário Nacional de Enfrentamento ao Racismo e Violência Racial 01.jpeg






No último final de semana, a cidade de Piracicaba foi sede do Seminário Nacional de Enfrentamento ao Racismo e Violência Racial, que foi realizado pela Rede Nacional de Mulheres Negras no Combate à Violência. Araraquara contou com uma representação de 11 pessoas, incluindo a coordenadora de Políticas Étnico-Raciais da Prefeitura, Alessandra Laurindo, que ministrou uma palestra sobre o tema “Mulheres negras e a luta antirracista", e a assessora especial de Políticas LGBTQIA+, Érika Matheus, que abordou o tema “Transfobia e violência escolar no Brasil”.

O evento também teve a participação de mulheres de várias regiões do país, que debateram temas diversos que incluem ainda o racismo religioso, ações de enfrentamento ao racismo, saúde mental das mulheres negras em luta, empreendedorismo negro, a importância de estar em espaços de controle social, entre outros.

Alessandra valorizou a representação de Araraquara no encontro. "A participação de Araraquara no seminário foi muito importante. Enquanto Coordenadoria de Políticas Étnico-Raciais, tivemos a possibilidade de levar nossa experiência de gestão e o avanço das políticas antirracistas para diversos estados. Ampliamos nossa rede com mulheres muito potentes que enfrentam os diversos desafios que a luta racial exige e nos fortalecemos diante desse encontro presencial tão esperado e celebrado após um longo período de incertezas que a pandemia nos trouxe. Saímos ainda mais determinadas a seguirmos no enfrentamento das adversidades raciais, com vários documentos que serão encaminhados para o governo federal a fim de respaldar os municípios com as demandas e propostas apresentadas no Seminário", comentou.

Erika também avaliou de forma positiva o evento. "A participação da Assessoria Especial de Políticas LGBTQIA+ no Seminário Nacional foi vital para debater a questão da mulheridade trans negra. Abrir espaços de mulheres para trazer o quão múltiplas somos e nossas especificidades é de suma importância para criar estratégias de luta e ações afirmativas. Foi revigorante", pontuou.

Novembro Negro em Araraquara

Com o tema "Não basta não ser racista, é preciso ser antirracista", teve início nesta segunda-feira (7) a edição 2022 do "Novembro Negro", programação desenvolvida em alusão ao Mês da Consciência Negra e promovida pela Prefeitura de Araraquara por meio da Coordenadoria Municipal de Políticas Étnico-Raciais com o objetivo de despertar para reflexão e envolver a população em geral para uma ação prática e efetiva, seja através do impacto visual, do estímulo à conscientização coletiva, mas principalmente para a valorização da identidade e da cultura afro-brasileira.

A programação foi aberta com a instalação do banner com a frase "É preciso ser antirracista!" no Paço Municipal e a inauguração da Escada Antirracista na Câmara, além da exposição "A percepção das Invisíveis", também na Câmara. A programação envolve ainda uma palestra sobre letramento racial com os funcionários da Santa Casa, ato em comemoração ao Dia da Umbanda, entrega do Prêmio Zumbi dos Palmares e Dr. Laphaeytthi Alves, visita ao casarão do Assentamento Bela Vista com historiadores, Encontro de Batuqueiros, Marcha da Consciência Negra, encontro de samba-rock com DJs de Araraquara, FeirAfro, roda de conversa sobre capoeira, show com Renato da Rocinha e workshop “Formação de Líderes Negros Importam”. O festa de encerramento da programação acontece no dia 3 de dezembro no Daae, com a apresentação "Aplauso a todos os Sambas - Luzes do Natal", porém nos dias 7 e 8 de dezembro será realizada a Oficina de Esculturas Afros de Jornal, que conclui a agenda.

Confira os próximos eventos:

Dia 9 de novembro
Das 15h às 16h30 - Palestra sobre o Letramento Racial com os funcionários da Santa Casa


Dia 15 de novembro
9h30 – Ato em comemoração ao Dia da Umbanda – Organização: religiosos de matrizes africanas – Parque Infantil


17 de novembro
19h - Prêmio Zumbi dos Palmares entregue à Cleuza Sueli Bueno da Silva e Prêmio Dr. Laphaetty Alves.


19 de novembro
9h - Visita ao casarão da Bela Vista com historiadores – Almoço comunitário

22h – Encontro de Batuqueiros – Especial Dia da Consciência Negra. Local: ASCAR
Por Adesão – Promoter – André (11) 95070 9993

20 de novembro
13h30 - 16ª Marcha da Consciência Negra / Dia Internacional da Memória Trans / Marcha do Orgulho Crespo /Ato pelo fim da violência contra as mulheres negras

Concentração: Praça da Matriz - Destino: Estação Ferroviária
Reunião das escolas de samba, Terreiros, Maracatu
(FeirAfro, gastronomia, apresentações artísticas e culturais, encontro de DJ’s, samba, show de samba rock)
14h30 - Encontro de Samba-Rock com a participação de Djs de Araraquara, Dj Gugu Reis e Dj Alex Black de São Paulo e show especial com Tibless e Banda.
Haverá Master Class para profissionais da área cultural com com Léo Cordeiro e Van Oliveira e uma aula aberta com Léo Cordeiro.

22 de novembro
18h30 - Roda de conversa: "Negritudes e LGBTQIA+" Resistência e Resiliência.

Local: Centro de Referência Afro

23 de novembro
Roda de Conversa sobre a história da Capoeira – Local: Centro de Referência Afro


26 de novembro
22h - Show com Renato da Rocinha – Local: ASCAR

Por adesão. Promoter Cristiano Produções - (16) 99703-0560

29 de novembro
18h30 – Workshop “Formação de Líderes Negros Importam” – Local:  Auditório da OAB

Parceria com a Comissão de Combate à Discriminação da OAB e a Empresa YPY Soluções

3 de dezembro
Encerramento da Programação – Aplauso à todos os Sambas - Luzes do Natal

Local: DAAE

Dias 7 e 8 de dezembro
14h - Oficina de Esculturas Afros de Jornal, com vestimentas e acessórios, com a Professora e arte educadora Fátima Barbosa

Local: Quilombo Rosa

 

 

registrado em: