Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2022 / Setembro / 05 / Campanha Nacional Contra a Poliomielite e Multivacinação prossegue até sexta (9)

Saúde

Campanha Nacional Contra a Poliomielite e Multivacinação prossegue até sexta (9)

Todas as unidades de saúde estão imunizando os menores de 5 anos contra a pólio e estão atualizando as vacinas de rotina dos menores de 15 anos
polio.jpeg

 

 

 

A Campanha Nacional de Vacinação Contra a Poliomielite e Multivacinação prossegue até esta sexta-feira (9), em todas as unidades de saúde do município. Seguindo o calendário do Ministério da Saúde, a campanha teve início no dia 8 de agosto, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, com a realização do Dia D de divulgação e mobilização nacional no dia 20 de agosto.

 

Crianças e adolescentes estão sendo vacinados em todas as unidades de saúde do município, das 8 às 15 horas. É preciso levar a carteira de vacinação e documento de identificação.

 

O objetivo é vacinar contra a pólio as crianças menores de 5 anos. Já para a atualização das vacinas de rotina de forma geral, o público-alvo são os menores de 15 anos. Em ambos os casos, não há necessidade de guardar intervalo em relação à vacina contra a covid-19.

 

O intuito é ampliar a cobertura vacinal no caso da poliomielite e reduzir o número de não vacinados de crianças e adolescentes menores de 15 anos de idade para melhorar as coberturas vacinais, conforme preconiza o Calendário Nacional de Vacinação. O reforço com a campanha de vacinação se deve à baixa gradual na cobertura vacinal, que segue a mesma tendência do cenário nacional.

 

Em relação à vacinação contra a poliomielite, a preocupação é com a adesão às doses de reforço da vacina, ou seja, a cobertura é considerada baixa principalmente entre as crianças com idade entre 1 e 5 anos. A meta é vacinar 95% e cobertura está em 85%.

 

“Por isso, é muito importante que pais, mães ou responsáveis por crianças que tomaram a primeira dose da pólio retornem para completar a cobertura vacinal com as doses 1 e 2 de reforço, conforme é orientado pelas equipes, nas unidades de saúde. E os adolescentes de até 15 adolescentes que também estão com a carteira incompleta, devem aproveitar a campanha vacinal. Somente dessa forma vamos manter o país livre de doenças potencialmente graves que podem levar à morte ou deixar sequelas graves”, destaca Gláucia Falcoski, coordenadora da Vigilância em Saúde. “É fundamental que os responsáveis fiquem atentos e atualizem a carteira de vacinação de suas crianças e adolescentes”, conclui.

 

 

SERVIÇO

 

CAMPANHA NACIONAL DE VACINAÇÃO CONTRA A POLIOMIELITE E MULTIVACINAÇÃO

 

Até 9 de setembro

Todas as unidades de saúde do município

Das 8 às 15 horas

Levar a carteira de vacinação e documento de identificação

 

registrado em: ,