Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2022 / Setembro / 22 / DAAE: 22 de setembro, Dia Mundial da Fauna

Urbano

DAAE: 22 de setembro, Dia Mundial da Fauna

308401472_464121709066254_4279839362526803144_n.jpg

 

 

Desde 1980, o Brasil celebra o Dia da Defesa da Fauna em 22 de setembro. Segundo dados do Ministério do Meio Ambiente (MMA), a fauna brasileira é a mais diversa do mundo. Há mais de 100 mil espécies de animais, entre vertebrados e invertebrados, catalogados no país. Apesar dessa biodiversidade, 1.173 espécies brasileiras correm risco de desaparecer da natureza, de acordo com o “Livro Vermelho da Fauna Brasileira Ameaçada de Extinção”, publicado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), em 2018.

 

A primeira lista de espécies ameaçadas de extinção foi publicada em 1968 no Brasil. Desde então, cresce o número de espécies ameaçadas. As causas são diversas, mas se devem, principalmente, aos impactos ambientais da ocupação humana, além da caça, pesca e do tráfico ilegal de animais. Mesmo com a Lei de Crimes Ambientais e a fiscalização, mais de 12 milhões de animais são contrabandeados todos os anos, sendo que 70% vão para o mercado internacional.

 

Para proteger a fauna dessas ameaças, há diversos instrumentos legais, assim como programas elaborados para promover a conservação das espécies, tanto em nível federal, estadual como municipal. No Estado de São Paulo, a gestão da fauna silvestre é feita por meio da definição de políticas públicas e programas de pesquisa voltados à conservação, manejo e controle dos recursos faunísticos, seja em vida livre ou em cativeiro. Além disso, há diversas estratégias de fiscalização contra o tráfico ilegal de animais silvestres. O Programa Ninhos e a Comissão Pró-Primatas Paulistas são exemplos de programas para a conservação da fauna em São Paulo.

No Dia de Defesa da Fauna, reforçamos a importância de se reduzir o desmatamento, a caça, a pesca e o tráfico ilegal de animais. Vamos colaborar com a preservação!

 

Ações que você pode fazer:

 

· Não comprar animais silvestres não autorizados pelo Ibama;

· Não praticar caça ou pesca ilegal;

· Não soltar animais silvestres na natureza sem a autorização de um órgão competente;

· Denunciar ações de caça ou comércio ilegal de animais silvestres.

 

Em Araraquara, a Prefeitura Municipal através da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade, possui um setor específico para cuidar da fauna e você pode conhecer mais sobre o assunto e ações em https://www.araraquara.sp.gov.br/.../secreta.../meioambiente , além acessar a cartilha da Fauna Silvestre de Araraquara.

 

Para saber mais assista ao vídeo Conduta Ambiental Legal – Tráfico de Animais , disponível em: https://www.infraestruturameioambiente.sp.gov.br/.../22.../

 

Texto retirado de: https://www.infraestruturameioambiente.sp.gov.br/.../22.../

registrado em: ,